História

Corpo Docente 

Professores Permanentes

 

Amailton Magno Azevedo 

  •  

    Perfil do pesquisador: Atualmente é Professor do Programa de Estudos Pós Graduados em História e do Departamento de História da Faculdade de Ciências Sociais da Pontifícia Universidade Católica (PUC-SP). Possui graduação (Licenciatura e Bacharelado) (1998), mestrado (2000) e doutorado (2006) em História pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. Possui Pós-doutorado pela Universidade do Texas em Austin (2011) com bolsa Capes. Desenvolveu pesquisa no Centro de Estudos Sociais da Universidade de Coimbra como Investigador convidado, em 2015, com auxílio à pesquisa da PUC/SP. Tem experiência na área de História, com ênfase em História da África e do Brasil, atuando principalmente nos seguintes temas: ensino de História da África, culturas negras e mestiças no Brasil, culturas africanas na Diáspora, musicalidades, oralidade e juventude negra e mestiça. Tem publicado diversos artigos com a temática relacionado à música e a memória da Diáspora negra no Brasil.

     

    curriculum lattes

Antonio Pedro 

  •  

    Como pesquisador na área de história contemporânea, tenho focado as pesquisas e a docência nas relações internacionais enfatizando as trocas políticas e culturais entre os Estados Unidos e o Brasil. Nos últimos quinze anos a produção na área resultou principalmente na publicação de três livros em português (Brasil) e um livro em inglês (Estados Unidos). A formação de um núcleo de pesquisa em política, história e cultura (POLITHICULT) rendeu alguns encontros com a participação de pesquisadores e alunos de nossa e de outras instituições. O núcleo produziu uma revista (CADUS) com ISSN: 2446-9076 com o primeiro número publicado em 2015. O núcleo projeta publicar o próximo número da revista em parceria com Professor Doutor Antonio Rago Filho privilegiando temas ligados à música, arte e cultura brasileira e estadunidense. Para ficarmos com só um exemplo, em 2017 estamos comemorando os cem anos da primeira gravação de um samba e de um jazz. Atualmente como líder do núcleo desenvolvo pesquisas em arquivos brasileiros e americanos sobre o ano de 1945 que considero o turning point do que se convencionou chamar de modernização à brasileira.

     

    curriculum lattes

Carla Reis Longhi 

  •  

    Possui graduação em História pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo; Mestrado e Doutorado em História Social pela Universidade de São Paulo; Pós-Doutorado em Comunicação Social pela Universidad Complutense de Madrid. Atualmente é professora concursada do Departamento de História da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC/SP), exercendo a função de Coordenadora do Programa de Pós-Graduação em História. Realiza pesquisas com enfoque em História do Brasil Contemporâneo, analisando as imbricações entre as características do Estado, suas lógicas autoritárias e os enfrentamentos socioculturais, considerando as práticas culturais como práticas políticas. Ao trabalhar com a História do presente discute os processos de midiatização da cultura, analisando as características das mídias pós-massivas e suas conexões com as práticas políticas e relações de sociabilidades contemporâneas.

     

    curriculum lattes

Estefânia Knotz Canguçu Fraga 

  •  

    Professora titular do Departamento de História e do Programa de Estudos Pós Graduados em História da Puc-SP. Doutora em História pela mesma instituição. Coordena o Projeto de Pesquisa Sociabilidades Urbanas no séc. XIX e XX que abriga temáticas sobre práticas corporais e esportivas , cidade e história, cultura e sociedade, práticas de leitura, memória e história entre outras. Autora de artigos sobre sociedade, história e esportes, imagem e memória, e capítulos publicados na coletânea de sete volumes sobre temas relacionados a questões da história de São José dos Campos (S-P). Publicou recentemente na Coletânea História e Política, organizada pelo Programa de Pós Graduação em História da Universidade Federal do Piaui, um ensaio sobre leitura de gravuras publicadas no jornal A Plebe direcionando a reflexão para pensar os desafios da relação entre história, imagem e memória. É colaboradora do grupo de pesquisa CORPORHIS: corpo, História e Cultura, liderado pelo professor dr. Felipe Marta, da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia , colaborando com a publicação de artigos relativos ao tema trabalhado no Grupo de Pesquisa.

     

    curriculum lattes

Fernando Torres Londoño 

  •  

    Fernando Torres-Londoño é colombiano, tem formação em Filosofia pela Universidade Javeriana e doutorado em História pela USP. É professor titular do Departamento de História da PUC.SP e atua também no programa de Ciências da Religião da mesma universidade. Desenvolve suas atividades acadêmicas na área de História de América de do departamento de História e na disciplina História das Religiões do programa de Ciência da Religião. Inicio seu percurso como pesquisador no Brasil, estudando formas institucionais de controle religioso e influência sobre as populações coloniais em América Portuguesa, como as visitas pastorais, as dioceses, as paróquias, examinadas desde a perspectiva da História da Família. De estas pesquisas resultaram o livro A outra família, São Paulo, Edições Loyola, 1999 e a organização de Paróquia e Comunidade no Brasil. Perspectiva Histórica, São Paulo, Paulus, 1997. Continuou trabalhando com o estudo das religiões nos diálogos culturais que representaram as missões dos jesuítas entre as populações indígenas da Amazônia de colonização espanhola publicando entre outros “Visiones jesuíticas del Amazonas en la colonia: de la misión como domínio espiritual a la exploración de las riquezas del rio vistas como tesoro.” Anuario Colombiano de Historia Social y de la Cultura., v. 39/1, 2012; junto com, Fredson Martins, “Jesuítas, Indígenas e o Código Religião nas Crônicas de Maynas, Mojos e Chiquitos no Século XVIII.” História e Cultura, v. 3, 2014; “Do exilio, um futuro para o Amazonas. João Daniel e o aproveitamento das riquezas do rio. Projeto História, v. 52, 2015 e “A folha e a arvore: as missões de Maynas e o programa missionári da salvação dos índios” em Novos olhares sobre a Amazônia colonial, livro organizado por Rafael Chambouleyron e Jose Alves de Souza Junior, publicado pela Paka Tatu de Belém em 2016. Participa das redes de pesquisa Jesuítas nas Américas e Jornadas Internacionales sobre las missiones jesuíticas. Desde 2006 tem contado com PPq/2 do CNPq, seu atual projeto com vigência ate 2019 é “Conflito e guerra nas relações entre os povos do alto Ucayali e os agentes coloniais na segunda metade do século XVIII.” Este projeto assinala a ênfase na história dos povos indígenas da Amazônia de colonização espanhola, que já se manifestava no artigo “Outra redução: a dinâmica interétnica na Limpia Concepción de Jeberos nas missões jesuíticas do Marañon no século XVIII.” Revista História Hoje, v. 1, 2012. De suas pesquisas atreladas às disciplinas que ministra no curso de História dentro da área de História da América e que contam com a participação de alunos com bolsa PIBIC, tem publicado “A conversão ao cristianismo e os embates pela autoridade entre os neófitos no processo inquisitorial contra don Carlos Chichimecatecuitli de Tetzcoco” em História Unisinos, v. 20, 2016; “No princípio da história, era um jogo de bola. Jogo poder e religião entre os maias.”, em Rever , v. 15, 2015. No programa de História suas orientações de doutorado tem privilegiado a História da Amazônia em diversos aspectos religiosos do período colonial ao século XX e as representações religiosas no império colonial português.

     

    curriculum lattes

Heloisa De Faria Cruz 

  •  

    Professora do Programa de Pós-Graduação e do Curso de Graduação em História da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo- PUC-SP desde 1986 e, atualmente, coordena o CEDIC- Centro de Documentação da mesma Universidade. Possui graduação em História pela University Of Wisconsin , mestrado em História Social pela Universidade Estadual de Campinas e doutorado em História Social pela Universidade de São Paulo . Pesquisadora Produtividade do CNPq e coordenadora geral do Projeto de Cooperação Nacional Trabalho, Cultura e Cidade, desenvolvido entre a PUC/SP, UFAM e UFCG no PROCAD-CAPES- 2013. Atua como orientadora de mestrado e doutorado ; coordenou e coordena projetos de pesquisa nas seguintes áreas temáticas: História da imprensa, Cidade e Culturas Urbanas, Memória , Patrimônio e Documentação, História do Trabalho e dos Trabalhadores, Ensino de História. Na área do ensino básico foi professora de História da Rede Estadual de São Paulo, coordenou projetos de formação de professores e de educação continuada na área de ensino da História e foi Secretaria de Educação do Município de Guarulhos entre os anos 2003 a 2006.

     

    curriculum lattes

Luiz Antonio Dias 

  •  

    Professor de disciplinas na área de História do Brasil Republicano, desenvolve pesquisas relacionadas ao Golpe Civil Militar de 1964; Memória; Imprensa e História; Movimentos Sociais no Brasil Contemporâneo. Possui Mestrado em História pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (1993) e Doutorado em História pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (2000) e Pós-doutorado pela Universidad Nacional de Córdoba . Atua como professor na Faculdade de Ciências Sociais da PUC-SP. Professor do Programa de Pós- Graduação (Stritco Sensu) da PUC-SP. Professor do Mestrado Interdisciplinar em Ciências Humanas da Universidade de Santo Amaro.

     

    curriculum lattes

Maria Antonieta Martines Antonacci 

  •  

    Com ensino/pesquisa em História da África, Culturas Africanas e Afro-Brasileiras desde regimes de oralidade; Cultura Popular; Memórias e Histórias; Lutas Culturais; Cultura e Linguagens; Injunções cosmos/corpo/cultura; Cosmogonias Africanas; Culturas negras da diáspora. Licenciada em História pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (1969), mestrado em História Econômica pela Universidade de São Paulo (1978), Doutorado em História Econômica pela Universidade de São Paulo (1986) e Pós-Doc em Antropologia Social pela EHESS (1999/2000). Professora Associada à Faculdade de Ciências Sociais da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. Tem experiência na área de História do Brasil, atuando em História da África, suas culturas e afro-brasileiras, a partir de: tradições orais, expressões e meios de comunicação populares, memórias e histórias. Atualmente acompanha estudos pós-coloniais/decoloniais, com ênfase em geografia da razão e corpo-política no Brasil, Caribe, Latino América.

    antonacci@pucsp.br

     

    curriculum lattes

Maria Izilda Santos De Matos 

  • Possui Graduação (USP/1978), Doutorado (USP/1991), Pós-Doutorado (Université Lumiere Lyon 2/França/1997) e Livre Docência (PUC/SP-2016) em História. É Professora Titular da PUC/SP (1997), Coordenadora do NEM/PUC/SP (1991) e Pesquisadora PQ do CNPq 1 A. Em 1994, recebeu o prêmio SESI-CNI de Teses Universitárias com o trabalho Trama e Poder e foi agraciada com o Prêmio Clio (2008) pela obra a Cidade, a Noite e o cronista: São Paulo de Adoniran Barbosa. Tem experiência na área de História, com ênfase em História do Brasil, atuando nos seguintes temas: imigração, música, cidade, cotidiano, gênero, história das mulheres.

     

    curriculum lattes

Vera Lúcia Vieira 

  • Doutora em História pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (1998), estágio sobre Educação à Distância na Universidade Complutense de Madrid (Espanha), com bolsa da Fundación Carolina (2014) e integrante da Diretoria Internacional da Asociación de Historiadores de Latinoamerica y Caribe (ADHILAC). Atualmente é professora-assistente doutora da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, Coordenadora do Centro de Estudos de História América latina (CEHAL- PUC-SP), orientadora de Iniciação Científica, mestrado, doutorado e Pós-doutorado. Atuação: História da América Latina século XIX – Independências e Formação dos Estados e de História Contemporânea e Cultura de Trabalho. Temas: violência institucional, Estado, lutas sociais, direitos humanos e de cidadania. Projetos de Pesquisa: Violência institucional e autocracia de Estado: continuidades e rupturas na dinâmica latino americana na segunda metade do século XX. Formação dos Estados Nacionais latino-americanos.

     

    curriculum lattes

Yvone Dias Avelino 

  • Graduação, Mestrado e Doutorado na Universidade de São Paulo e Pós-Doutorado pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. É Professora Titular da PUC-SP e atualmente coordena o curso de História da Faculdade de Ciências Sociais da PUC-SP. Dedica-se à pesquisa e orientação de Iniciação Científica, Trabalhos de Conclusão de Curso, pós-graduação Lato-Sensu, Mestrado e Doutorado em História Cultural, área em que atua intensamente, com a produção de artigos, organização de livros e participação em congressos nacionais e internacionais. Coordena o Núcleo de Estudos de História Social da Cidade (NEHSC) e é editora da Revista Cordis. Pertence ao conselho consultivo de várias revistas nacionais e internacionais.

     

    curriculum lattes

Apresentação 

Apresentação

O Programa de Pós-Graduação em História da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP) tem como eixo temático a abordagem História e Cultura, buscando atentar para toda a complexidade presente nessa relação e seus desafios de investigação. Suas linhas de Pesquisa (Cultura e Cidade; Cultura e Representação; Cultura e Trabalho) inserem-se em tendências emergentes da historiografia. Como área de concentração, sinalizando um posicionamento no interior da conjuntura de renovação do debate historiográfico, trazido principalmente pela chamada História Social inglesa e pela Nova História francesa, apresenta a História Social, indicando um campo de pesquisa e reflexão que privilegia nos processos de transformação e permanência das sociedades as dinâmicas das relações sociais e a configuração das forças sociais a cada momento e situação histórica, constituindo um amplo campo de indagações referente aos sujeitos coletivos e aos processos históricos nos quais estão introduzidos.

Tem como objetivos:

1.       Conferir o título de Mestre e Doutor em História, mediante o cumprimento das exigências didático-científicas do Programa.

2.       Fornecer condições para o aprimoramento da capacitação científica no campo da História, tendo em vista a preparação de pesquisadores e professores.

3.       Incentivar o surgimento de projetos de pesquisa na área do conhecimento histórico tendo como preocupação criar instrumentos para a avaliação crítica da sociedade.

4.       Organizar e sistematizar fontes documentais, de acordo com as prioridades de pesquisa estabelecidas

5.       Marcar presença crítica e transformadora da sociedade brasileira, em colaboração com outros centros de ensino e pesquisa em História.

6.       Desenvolver e incentivar um trabalho interdisciplinar que contribuía para a recuperação e preservação da memória histórica.

7.       Cuidar da divulgação da produção científica de professores e alunos do Programa.

O Programa tem ampliado seu campo interinstitucional através de ações como MINTER, DINTER (UFPA/PUC/SP 2006-10), PROCAD/CAPES (2001-2005// 2010- 2019); além de acolher estágios de pesquisa de Pós-Doutorado e fornecer competente massa crítica para Universidades Federais, Estaduais e Privadas em todo o país.
Mantêm convênios e intercâmbios internacionais com vários países europeus (Portugal, França), americanos (USA, Argentina) e africanos (Angola, Moçambique).

Breve apresentação 

O Programa de Pós-Graduação em História da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP) tem como eixo temático a abordagem História e Cultura, buscando atentar para toda a complexidade presente nessa relação e seus desafios de investigação. Suas linhas de Pesquisa (Cultura e Cidade; Cultura e Representação; Cultura e Trabalho) inserem-se em tendências emergentes da historiografia. Como área de concentração, sinalizando um posicionamento no interior da conjuntura de renovação do debate historiográfico, trazido principalmente pela chamada História Social inglesa e pela Nova História francesa, apresenta a História Social, indicando um campo de pesquisa e reflexão que privilegia nos processos de transformação e permanência das sociedades as dinâmicas das relações sociais e a configuração das forças sociais a cada momento e situação histórica, constituindo um amplo campo de indagações referente aos sujeitos coletivos e aos processos históricos nos quais estão introduzidos.

  saiba mais

Linhas de pesquisa 
  •  

    Cultura e Cidade:

     

    Essa linha de pesquisa centraliza suas reflexões sobre os processos de constituição urbano, das culturas urbanas e das experiências de viver nas cidades, em diferentes espaços e temporalidades, colocando em foco disputas na construção de poderes, na demarcação de territórios, nas relações entre campo e cidade e na afirmação de memórias urbanas.

    Explora as diversas articulações entre a concretude mais visível das cidades e sua dimensão imaginária, por meio das quais os processos sociais são vividos e interpretados pelos próprios sujeitos. Pensando as cidades como lugar de práticas, representações, costumes e tradições conflitantes, a linha enfatiza as reflexões sobre os processos de construção das condições materiais de vida, das culturas e do cotidiano, tematizando as lutas de diferentes grupos e sujeitos – organizados ou não – pelo direito à cidade e à cidadania. Também, dialoga com as experiências de múltiplos sujeitos – mulheres, homens, jovens, velhos, crianças, negros, índios – nas mais diversas condições de vida, de luta e em diferentes situações históricas.

    Ainda, destaca as problemáticas em torno da cultura, da memória e do patrimônio, enfocando rituais, festas, tradições do viver e do trabalhar, referências culturais e patrimoniais, nas diferentes linguagens que as constituem: orais, sonoras, gestuais, textuais, literárias e imagéticas.

  saiba mais

Nível 
Duração 
Mestrado: 2 anos / Doutorado: 4 anos
Campus 
Campus Perdizes
Situação 
Matrículas encerradas
História 

O Programa de Pós-Graduação em História Social da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP) foi fundado em 1972, sendo dos mais antigos e consolidados da Universidade. No decorrer de sua existência, passou por algumas reformulações que acompanharam os caminhos, perspectivas teóricas e temáticas de seu corpo de professores/pesquisadores frente à evolução do debate historiográfico e às questões emergentes na vida pública. Desde o início da década de 1980 organiza seu trabalho de pesquisa e o curso de Pós-Graduação, que então só contava com o Mestrado, através de linhas de pesquisa. Seu curso de Doutorado teve inicio em 1990, recebendo a recomendação da CAPES em 1992 e entrando no PICD/CAPES em 1995. Naquele momento, o Programa passou por significativa transformação que envolveu um amplo processo de debates e discussões internas entre professores e alunos, e também externo, com pesquisadores convidados, mas, principalmente, com o comitê CAPES da área, assumindo como área de concentração a História Social, indicando um campo de pesquisa e reflexão que privilegia, nos processos de transformação e permanência das sociedades, as dinâmicas das relações sociais e a configuração das forças sociais a cada momento e situação histórica, constituindo um amplo campo de indagações referente aos sujeitos coletivos e aos processos históricos nos quais estão inseridos. Assim, colocando-se no debate e assumindo o crescente interesse da historiografia no estudo de múltiplas experiências sociais, preocupado centralmente com a configuração dos problemas e a qualidade das fontes para estudá-los, abrindo-se para diferentes perspectivas e criando um espaço comum de pesquisa e reflexão no interior do qual pesquisadores dialogam com diversas matrizes teóricas, a proposta de trabalho do Programa encontra subsídios para abordar uma grande diversidade de temas e problemas dessa linha.

Também naquele momento, buscando traduzir sua inserção e identidade acadêmica  nesse campo do debate  e constituir  diretrizes de delimitação e articulação de suas linhas de pesquisa, bem como de sua  estrutura curricular, o Programa definiu como eixo temático a Cultura. Assumindo a fluidez conceitual e os problemas históricos que essa noção carrega, propõe pensar  a cultura como campo de produção de sentidos pelos sujeitos no passado e no presente, do imaginário social e  de sistemas de  representações que conformam modos de vida, em práticas cotidianas, formações e instituições que  ganham  materialidade  nas diversas e múltiplas  linguagens. Eleger a cultura como campo privilegiado, portanto, como eixo de nossa reflexão histórica, orientou  nossas possibilidades de explicação, interpretação e perspectivas de investigação e de intervenção no social, tornou mais estreito e explícito o diálogo multidisciplinar, seja  com a Antropologia,  a Crítica Literária, a Psicologia e as Artes,  dentre outros campos de reflexão.

Corpo Discente 

2017  

Corpo discente - 2017

Doutorado

Adriana Gomes Santos

Adriana Gomes Santos

Alexandre Bueno Salomé de Souza

Alexandre Francisco Silva Teixeira

Alfredo Moreno Leitão

Alfredo Ricardo Abdalla

Ana Cristina Alves Balbino

Ana Eugênia Nunes de Andrade

Ana Paula de Oliveira Lopes Câmara

Ana Paula Ferreira de Brito

André Ulysses De Salis

Andrea Gomes Bedin

Antonio Martins Ramos

Arrovani Luiz Fonceca

Bianca Melzi de Domenicis Lucchesi

Celso Diniz Nobre

Cleonice Elias da Silva

Cristiane Mare da Silva

Danilo Luiz Marques

Debora Souza do Nascimento

Edinéia Pereira da Silva Betta

Egnaldo Rocha da Silva

Elton Bruno Ferreira

Emilio Gonzalez

Fabio Lucio Mello Tobias

Fabricio Herbeth Teixeira da Silva

Giovane Pazuch

Heitor Campos Bueno

Iberê Moreno Rosário e Barros

Isabel Teresa Creão Augusto

Joao Grinspum Ferraz

José Lúcio da Silva Menezes

Juliana Santos Monteiro

Julio Trevisam Braga

Juvenal de Carvalho Conceição

Karla Leandro Rascke

Karla Torquato dos Anjos Barros

Liliane Pereira Braga

Mahfouz Ag Adnane

Maria da Conceição Silva Felix

Maria José Castelano

Maria Veronica Perez Fallabrino

Marilu Santos Cardoso

Mauriney Eduardo Vilela

Moisés Carlos Ferreira

Mônica Diniz

Mônica Xavier de Medeiros

Neemias Oliveira da Silva

Paulo dos Santos

Paulo Marcelo Cambraia da Costa

Pietra Stefania Diwan

Rafael da Gama

Rafael Gonzaga de Macedo

Rafaela Ferreira da Silva

Rilton Ferreira Borges

Rodolfo Costa Machado

Rodolfo Jacob Hessel

Sandra Aparecida Portuense de Carvalho

Sheila Alice Gomes da Silva

Silvane Aparecida da Silva Queiroz Norte

Soraya Geronazzo Araujo

Taíse Ferreira da Conceição Nishikawa

Talita dos Santos Molina

Tiago Santos Salgado

Vagner Aparecido Marques

Vera Lúcia Silva

Victor Marcelo Pires Gonçalves da Silva

Victor Martins de Sousa

Wagner Jacinto de Oliveira

 

Mestrado

Adele Cristiane dos Reis

Adriana Bastos Kronemberger

Adriana dos Santos Boaventura

Adriana Maria de Souza da SIlva

Afonso Campos Bregalda

Alessandra Di Giorgi Chélest

Alexandre Gonçalves Terini

Aline Maia Borges

Andre Vidal Viola

Beatriz Santana Ferreira

Breno Amparo Alvares Freire

Bruno Foschini Pajtak

Bruno Garcia dos Santos

Bruno Godoi Barroso

Bruno Willian Brandão Domingues

Carol Lima de Carvalho

Diogo Lázaro de Araujo

Eder Aparecido Ferreira Sedano

Edinaldo Gonçalves da Costa

Edson Douglas de Oliveira

Elisandra Gasparini Silva

Emerson Alves Irineu Magalhães

Emilia Jorge de Aratanha

Evandro Avelino Piccino

Fabiana de Oliveira

Fábio Adorno Espósito

Felipe Arroyo Lemo

Fernando Miramontes Forattini

Fernando Terra Costa

Gabriela Nascimento Silva

Gisele da Silva Souza

Jefferson Mariano Santana

Joao Leopoldo e Silva

João Pedro Alves Bueno

José Roberto Ramos Filho

Joyce de Freitas Ramos

Juliana Froeder Alves Grilo

Leonardo da Silva Claudiano

Lilian Tavares de Bairros Ferreira

Marcio Bernardi

Marcos Rogério da Silva Moreira

Marcos Vinícius Keller Dias

Marcus Vinicius Comenale Pujol

Mariana Alcântara Ferreira

Mariana Lucas Setubal

Mateus Henrique Obristi Castilho

Matheus da Silva

Milena Fonseca Fontes

Nina Ingrid Caputo Paschoal

Pietra Mello Munin

Polyana Alves Almeida da Silva

Rafaela Priolli de Oliveira

Raphael Fernando Amaral

Renata Maria Teresa dos Santos Francisco

Rino Gabriel Siqueira Gonçalves

Rodrigo Pucci Müller

Sandra Regina da Silva

Thais Cristina Pereira

Victor Amadeu Soler

Vinicius Melo Flauaus

Vitor Arzani Martins

Willian dos Santos Ferreira


 

Áreas de concentração e linhas de pesquisa 

  •  

    Cultura e Cidade:

     

    Essa linha de pesquisa centraliza suas reflexões sobre os processos de constituição urbano, das culturas urbanas e das experiências de viver nas cidades, em diferentes espaços e temporalidades, colocando em foco disputas na construção de poderes, na demarcação de territórios, nas relações entre campo e cidade e na afirmação de memórias urbanas.

    Explora as diversas articulações entre a concretude mais visível das cidades e sua dimensão imaginária, por meio das quais os processos sociais são vividos e interpretados pelos próprios sujeitos. Pensando as cidades como lugar de práticas, representações, costumes e tradições conflitantes, a linha enfatiza as reflexões sobre os processos de construção das condições materiais de vida, das culturas e do cotidiano, tematizando as lutas de diferentes grupos e sujeitos – organizados ou não – pelo direito à cidade e à cidadania. Também, dialoga com as experiências de múltiplos sujeitos – mulheres, homens, jovens, velhos, crianças, negros, índios – nas mais diversas condições de vida, de luta e em diferentes situações históricas.

    Ainda, destaca as problemáticas em torno da cultura, da memória e do patrimônio, enfocando rituais, festas, tradições do viver e do trabalhar, referências culturais e patrimoniais, nas diferentes linguagens que as constituem: orais, sonoras, gestuais, textuais, literárias e imagéticas.

  •  

    Cultura e Representação

     

    A linha abriga pesquisas sobre as representações sociais em áreas do conhecimento que vão das artes às ciências, passando por experiências cotidianas, cujo registro histórico nem sempre é evidente ao primeiro olhar. Trata-se de historicizar a criação, o consumo e os significados de imagens e discursos, assim como suas expressões políticas e culturais. Abarca investigações relacionadas à produção dos meios de comunicação de massa juntamente com seu impacto e receptividade.

    Inclui, ainda, análises sobre a teoria da história e a historiografia, contribuindo para subsidiar pesquisas baseadas nos estudos sobre gênero, imigração, memória, moda, simbolismos laicos e religiosos, história do corpo e da cultura material. Enfrentando o desafio de investigar os vestígios do passado num quadro diversificado de documentos que englobem música, teatro, cinema, TV, rádio, danças e rituais; também a oralidade, fontes textuais, literatura, periódicos, propaganda, pintura, fotografia entre outras manifestações imagéticas. A linha busca incorporar múltiplas temáticas no campo das representações, como cidade-campo, trabalho-não trabalho, morte-vida, saúde-doença, dia-noite, corpo, com suas sensitividades e sensibilidades.

  •  

    Cultura e Trabalho

     

    Essa linha de pesquisa propõe-se a investigar a condição e as experiências de trabalhadores, por meio dos processos históricos nos quais homens e mulheres concretos buscam garantir sua sobrevivência, considerando que as relações e formas de trabalho vivenciadas no passado e no tempo presente pelos diferentes sujeitos sociais são consideradas constitutivas de seus modos culturais de vida e de luta. Centraliza suas reflexões nas relações entre trabalho e cultura, vendo o processo de trabalho como atividade essencial à realização da potencialidade humana. Examina as condições históricas de produção e exploração, formas de resistências, mobilizações e lutas, normatização e disciplinarização, atentando para como os sujeitos históricos experimentam no cotidiano, seus modos de viver, trabalhar e resistir.

    A linha propõe a investigação dos movimentos dos trabalhadores (rurais e urbanos), das lutas sindicais, das lideranças e dos segmentos ativistas. Valoriza, particularmente, a análise das diferentes experiências de trabalho, a luta de homens, mulheres, adultos e crianças, observando seus hábitos sociais, de vida em família, ócio/não trabalho/lazer, processos de migração e imigração, destacando as ações, tradições e memórias do trabalho e dos trabalhadores.

    As reflexões nessa linha de pesquisa questionam as transformações no mundo do trabalho contemporâneo, focalizando temas como exclusão, desemprego e informalidade, trabalho/emprego, rural/urbano, global/local e todo o redimensionando deste campo de discussão, problematizando a visão negadora da centralidade do trabalho na experiência histórica.

Mestrado 

  •  

    Disciplinas Obrigatórias

     

    03 Disciplinas - 09 Créditos

    1. História e Cultura
    2. Núcleo de Pesquisa
    3. Pesquisa Histórica
  •  

    Disciplinas Eletivas

     

    02 Disciplinas – 10 Créditos (Mínimo Obrigatório)

    1. Cultura e Cidade
    2. Cultura e Representação
    3. Cultura e Trabalho
  •  

    Atividades Programadas

     

    03 Créditos (Mínimo Obrigatório)

    1. De acordo com o Orientador
  •  

    Conclusão de Curso

     

    Mínimo de 30 créditos sendo:

    1. 09 créditos em Disciplinas Obrigatórias
    2. 10 créditos em Disciplinas Eletivas
    3. 03 créditos em Atividades Programadas
    4. 08 créditos em Elaboração de Dissertação

    Carga horária: 2250 horas

Disciplinas 

Nessa estrutura curricular, as diretrizes e reflexões acumuladas nas linhas são trabalhadas nas disciplinas obrigatórias e eletivas a elas correspondentes; as disciplinas de pesquisa, respectivamente Núcleo de Pesquisa e Pesquisa Histórica no Mestrado e Seminário de Pesquisa no Doutorado, buscam acompanhar as especificidades metodológicas das propostas e dos caminhos de pesquisa dos projetos de cada turma de mestrandos e doutorandos.

As disciplinas optativas − Seminários Temáticos −, oferecidas por diferentes professores (permanentes e colaboradores) aos mestrandos e doutorandos se renovam a cada semestre. Espaço privilegiado de sistematização do trabalho do Programa com as questões e tendências emergentes, abordando temas e questões candentes no cenário político e/ou acadêmico de interesse de professores e alunos, os seminários temáticos abrem novas perspectivas de reflexão e investigação, estimulando o debate e as trocas entre mestrandos e doutorandos. Nos últimos anos tem incorporado temas e questões relativas a problemas latino-americanas e do continente africano, do presente e do passado, articulando-os, quando pertinentes, aos estudos de temas brasileiros.

  •  

    Disciplinas Obrigatórias:

     

    1. História e Cultura
    2. Núcleo de Pesquisa
    3. Pesquisa Histórica
  •  

    Disciplinas Eletivas:

     

    1. Cultura e Cidade
    2. Cultura e Representação
    3. Cultura e Trabalho
  •  

    Disciplinas obrigatórias:

     

    1. Seminários Avançados 1
    2. Seminários Avançados 2
    3. Seminário de Pesquisa
  •  

    Disciplinas Optativas do Mestrado e Doutorado:

     

    1. Seminários Temáticos
    2. Atividades de pesquisa
Doutorado 

  •  

    Disciplinas obrigatórias

     

    1. Seminários Avançados 1
    2. Seminários Avançados 2
    3. Seminário de Pesquisa
  •  

    Atividades Programadas

     

    Conclusão de Curso = Mínimo de 32 créditos:

    1. 08 créditos em Seminários
    2. 12 créditos em Atividades Programadas
    3. 12 créditos em Elaboração da Tese

    Carga horária: 2400 horas

Pós-doutorado 
Grupos de pesquisa certificados pelo CNPq 

  •  

    GRUPO PESQUISA: Núcleo de Estudos da Mulher - NEM/PUC-SP

     

    O NEM PUC/SP funciona desde 1991, integra investigadores de diferentes setores da instituição, agregando pesquisadores (IC, mestrado, doutorado e pós-doutorado), professores, alunos e vários bolsistas da CAPES, CNPQ e FAPESP. Possui diversos intercâmbios com Universidades Nacionais e Internacionais, Convênios com a CEPAL, Comissão para os Direitos da Mulher/Portugal, CEPESE, Univ. de Coimbra, entre outras instituições. O NEM/PUC/SP patrocina várias atividades de ensino, extensão e pesquisa, incluindo seminários, encontros, publicações através de seus membros. Faz parte da REDEFEM (Rede de Estudos Feministas) e contribui no Programa Pró-Equidade de Gênero da SEPM (versão I, II, III,IV, V e VI). Também atua junto à comunidade, através de consultorias de pesquisa, prestação serviços comunitários, além de cursos e palestras.

    Coordenação: Professora Doutora Maria Izilda Santos de Matos.

  •  

    Núcleo de Estudos de História Social da Cidade – NEHSC

     

    Núcleo de Estudos de História Social da Cidade (NEHSC). Pesquisadores interessados na temática cidade, atentos à sua complexidade e variadas possibilidades de abordagem, ressaltando sujeitos, instituições, profissões, linguagens tempos e espaços. Articula o saber histórico à música, ao cinema, à arquitetura, à literatura, ao teatro, atentando-se para dinâmicas históricas de relevo, como as migrações e as imigrações de diversos grupos humanos que têm na cidade o seu destino final. A Revista Cordis é publicação semestral do NEHSC (http://revistas.pucsp.br/index.php/cordis/index)

    Coordenação: Professora Doutora Yvone Dias Avelino

  •  

    Núcleo de Estudos de História, Trabalho, Ideologia e Poder - NEHTIPO

     

    Atuante desde 1991, propõe o desenvolvimento de atividades de pesquisa, de formação teórica e de produção de materiais pedagógicos visando compreender as transformações no mundo do trabalho, a reestruturação produtiva e o fenômeno de mundialização do capital. Articula pesquisas, promove encontros e seminários sobre os temas da História do Trabalho, particularmente da História das lutas sociais dos trabalhadores no Brasil e na América Latina.

    Prof. Dr. Antonio Rago Filho

  •  

    Núcleo de Estudo Culturais: História Memória e Perspectiva de Presente - NEC- PUC-SP

     

    Em atividade desde 1996, é integrado por pesquisadores e alunos da PUC-SP e de outras instituições universitárias brasileiras, dentre as quais destacam-se a UFU, a UNIOESTE e a UNIVAS. O NEC originou-se do Núcleo Cultura, Trabalho e Cidade, na perspectiva da História Social e da reflexão sobre a memória. Hoje, assumindo mais fortemente as perspectivas do presente como campo da reflexão historiográfica e da prática profissional e a cultura como campo de construção de hegemonias e de projetos alternativos, aprofunda a investigação sobre as relações entre memória social e história. Articula pesquisas, promove seminários e debates, projetos interinstitucionais e de cooperação acadêmica.

    Profª Drª Maria do Rosário da Cunha Peixoto

  •  

    Centro Estudos de América Latina - CEHAL

     

    Em atuação desde 2004, o CEHAL volta-se para a construção de um diálogo sistematizado com temáticas e grupos de pesquisa latino-americanos. Desenvolve suas atividades junto com a atuação de outros três núcleos já consolidados: Núcleo de Estudos de História Social da Cidade (NEHSC), o Núcleo de Estudos sobre Tecnologias e Gênero (NEGI) e o Núcleo de Estudos: Trabalho, ideologia e poder na América Latina (NEHTIPO). Cada Núcleo possui uma abordagem própria o que tem possibilitado ao CEHAL analisar diversos aspectos da realidade latino-americana sob vários enfoques.

    www.pucsp.br/cehal/

    Rede : http://br.groups.yahoo.com/group/estudos_americalatina

    Profª Drª Vera Lucia Vieira

  •  

    Núcleo de Estudos da Alteridade (NEA).

     

    Este grupo de pesquisa é formado por investigadores de variadas universidades de São Paulo (PUC-SP, USP, Unesp, Unifesp, UFRJ) e do México. Estes pesquisadores possuem diversos temas e assuntos em comum, ainda que trilhando caminhos próprios de pesquisa, sendo a alteridade um dos elementos centrais e aglutinadores destes interesses partilhados.
    A alteridade é conceito fundamental para pensar a construção do mundo moderno, as interações sociais e políticas provocadas pelo colonialismo, pela expansão do Capitalismo, pela grande mobilidade de populações e de viajantes que transformam a crônica de suas andanças e dos encontros culturais em um gênero literário dos mais populares, com um imenso impacto no pensamento filosófico e científico, sobretudo a partir do século XVIII, tendo influenciado a constituição e o desenvolvimento de disciplinas científicas como a Antropologia, Geografia, História Natural, Mineralogia etc. Esta circulação de pessoas e ideias promoveu um interesse cada vez maior na compreensão do Outro, conceito que define genericamente o confronto de modalidades de pensamento e de vida distintos, por vezes conflitantes, por vezes confluentes. Imagem especular que pressupõe uma diferença que opõe as antípodas da civilização e define suas marcas e suas fronteiras, ao mesmo tempo em que constrói identidades: as que definem o mundo narrado e visitado e as que formam uma autoimagem de sua própria cultura e expectativas, separando o homem civilizado dos Outros, muitas vezes vistos como selvagens. A alteridade está, portanto, numa zona de fronteira móvel, incerta e movediça; ela é um processo de dizer e definir o Outro, mas também o próprio Eu, ainda que pelo simplificador processo de inversão. É descrevendo o diferente de forma parecida a si mesmo, utilizando-se de comparações, metáforas e alegorias, que o viajante consegue dar inteligibilidade à alteridade, muito mais do que se fixando nas características distintivas desta diferença. Elas não são ignoradas, mas devem ser “traduzidas”, reordenadas e adaptadas ao texto de sua própria cultura. http://arquiteturadaalteridade.blogspot.com/

    Coordenação: Professor Doutor Amilcar Torrão Filho

  •  

    Núcleo de Pesquisa em História, Política e Cultura - POLITHICULT

     

    Em atuação desde 2005, desenvolve estudos sobre as relações entre História, Política e Cultura no mundo contemporâneo. Subsidia pesquisas e estudos sobre a realidade nacional e internacional por meio de encontros entre pesquisadores, promove debates, seminários e conferências. As pesquisas e os debates estão articulados com as seguintes linhas de pesquisa: Política, Cultura e Poder; Cultura e Civilização; História, Cultura e Relações Internacionais.

    http://www.pucsp.br/polithicult/

    Prof. Dr. Antonio Pedro Tota

  •  

    A Condição Corporal

     

    Organizado em 2010, possui caráter multidisciplinar. Propõe-se articular pesquisas e atividades sobre a História do corpo. Mantém parceria institucional com a Universidade de Montpellier. Como atividades destacam-se a apresentação conjunta de trabalhos em congressos nacionais e internacionais, publicações conjuntas, trabalhos de co-orientação de teses e pós-doutoramento.

    Profª Drª Denise Bernuzzi Sant’Anna

Centros e Núcleos 

Centro de Estudos Culturais Africanos e da Diáspora - CECAFRO

Organizado em 2006 desde professores e pós-graduandos da Pós-graduação em História, Ciências Sociais e Ciências da Religião, desde abordagens de Estudos Culturais, Estudos de Performances e Estudos Pós-coloniais. Acompanhando estudos transdisciplinares privilegia locus de enunciação na contramão de projetos globais, história universal, verdades instituídas em “artes de comunicação” entre povos e culturas africanas, em diáspora e de povos nativos, sob o foco de razões sensíveis, sensoriais, intuitivas em distintos espaços e tempos apreendendo reinvenções de africanidades em diáspora nas Américas.

Produzir debates, estimular pesquisas, projetos coletivos e transdisciplinares relacionadas a diásporas africanas no Atlântico e nas Áfricas, ontem e hoje, perfaz seu perfil.

O acervo CECAFRO encontra-se na CEDIC
http://www.pucsp.br/cedic/colecoes/centro_diaspora.html

Facebook: https://www.facebook.com/CECAFROPUCSP/
Profa Dra Maria Antonieta Martines Antonacci
Prof. Dr. Ênio José da Costa Brito
Profa. Dra. Josildeth Gomes Consorte
Prof. Dr. Amailton Magno Azevedo

Pesquisas dos Docentes 

Amailton Magno Azevedo  

  • E-mail: amailtonazevedo@gmail.com

    Curriculo Lattes: http://lattes.cnpq.br/8529033471136042

    História da África, História do Brasil, culturas negras no Brasil, culturas africanas na Diáspora, musicalidades, oralidade e juventude negra. Atualmente é Professor do Programa de Estudos Pós Graduados em História e do Departamento de História da Faculdade de Ciências Sociais da Pontifícia Universidade Católica (PUC-SP). Possui graduação (Licenciatura e Bacharelado) em História pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (1998), mestrado em História pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (2000), doutorado em História pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (2006) e Pós-doutorado pela Universidade do Texas em Austin (2011). Tem experiência na área de História, com ênfase em História da África e do Brasil, atuando principalmente nos seguintes temas: culturas negras no Brasil, culturas africanas na Diáspora, musicalidades, oralidade e juventude negra mestiça. Tem publicado diversos artigos com a temática relacionada à música e a memória da Diáspora negra no Brasil. Atua também como músico, tendo um disco gravado com o título Mundo Atlântico de 2004. A partir de 2012 passou a orientar pesquisas em nível de mestrado pelo Programa de Estudos Pós-Graduados em História.

    Projetos de pesquisa em andamento

    2011 - atual: Polifonias Musicais no Atlântico Negro

    Descrição: Esse projeto visa refletir sobre os circuitos musicais entre Brasil e África na contemporaneidade. Para tanto, selecionamos músicos do Brasil e da Nigéria para pensar as redes de comunicação que se estabelecem através da memória sônica negra. Como os diálogos entre tradição e contemporaneidade se manifestam nas músicas, quais os diálogos entre o mundo oral e o rítmico, qual a importância do saber oral nessas musicalidades, quais estéticas estão se desenhando no final do século XX. Enfim, o projeto visa esmiuçar as novas redes de comunicação no Atlântico Negro e como os resultados musicais imprimem um aspecto global para as músicas negras contemporâneas... Situação: Em andamento;
    Natureza: Pesquisa.
    Integrantes: Amailton Magno Azevedo - Coordenador.

Amilcar Torrão Filho  

  • E-mail: atorrao@pucsp.br

    Curriculo Lattes: http://lattes.cnpq.br/4319412114581031

    História do Brasil Colônia; História do Brasil Império; urbanismo; cidades e vilas; história urbana; São Paulo; Literatura de Viagem.

    Possui graduação em História pela Universidade de São Paulo (1992), mestrado em História pela Universidade Estadual de Campinas (2004) e doutorado pela mesma universidade (2008). Realizou estágio de doutorado-sanduíche na École des Hautes Études en Sciences Sociales de Paris (2006-2007) e estágio pós-doutoral na Universitat Politècnica de Catalunya (2013-2014). Atualmente é professor de História do Brasil, Teoria da História e História Moderna na Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, professor da pós-graduação Lato Sensu e Stricto Sensu, além membro do conselho editorial da revista Urbana. Revista Eletrônica do CIEC. Tem experiência na área de História, com ênfase em História do Brasil Colônia, História do Brasil Império, Teoria da História e Historiografia, atuando principalmente nos seguintes temas: urbanismo, cidades e vilas, história urbana, São Paulo, Literatura de Viagem, história colonial e história do Império.

    Projetos de pesquisa em andamento

    2012 - atual: Literatura, filosofía y ciencia: hacia una metaforización del mundo como problema transdisciplinario

    Descrição: El presente proyecto está concebido como trabajo colectivo, transdisciplinario y de carácter analítico. Comprende tres grandes campos disciplinarios: los estudios literarios, la epistemología y la filosofía de la ciencia y de la cultura, y pretende establecer articulaciones pertinentes en el estudio de un mismo objeto desde diferentes perspectivas crítico- ‐teóricas. Aglutina diez propuestas analíticas de investigadores - ‐ rofesores y estudiantes de posgrado y grado- ‐, quienes conforman el seminario Poéticas y pensamiento: relaciones entre literatura y filosofía que desde febrero de 2012 se celebra mensualmente en el CEPHCIS. Dichas propuestas comparten el interés por el diálogo transdisciplinario y el cuestionamiento epistemológico a que da origen, así como por el estudio complementario que supone acceder al análisis de un objeto desde diferentes orientaciones metodológicas...
    Situação: Em andamento;
    Natureza: Pesquisa.
    Integrantes: Amilcar Torrão Filho - Integrante / Carolina Depetris - Coordenador / Sandra Ramírez - Integrante.

    2011 – atual: Poderes na Contemporaneidade: tensões, sociabilidades, sensibilidades nos séculos XIX e XX

    Descrição: O Grupo de Pesquisa GPHUC trata da história e historiografia da cidade, do urbanismo e do planejamento urbano no Brasil nos séculos XVIII, XIX e XX. Nesta articulação história-historiografia estruturada pela lógica interdisciplinar e da circulação das idéias, o Grupo irá levantar, catalogar e interpretar a construção do pensamento urbanístico no Brasil, o desenvolvimento fisico, social e cultural das cidades, a vida urbana, a problemática do municipio-municipalismo, das instâncias institucionais de assistência aos municípios mediante análise de fontes documentais primárias oriundas dos arquivos dos profissionais urbanístas e instituições públicas e/ou particulares. Planos urbanísticos, memoriais e relatórios, artigos em revistas, anais de congressos, livros entre outros perfazem o escopo documental de trabalho do grupo. Do trabalho de levantamento e catalogação contribuirá para produção não só do conhecimento da área de história do urbanismo e da cidade, mas da sistematização documental para futuras pesquisas do GPHUC e de outros grupos de pesquisa no Brasil. Um grande eixo temático estrutura as atividades do grupo: Urbanismo e Urbanização no Brasil: séculos XVIII-XIX-XX. Deste eixo central surgem os subtemas do grupo (que serão orientadores das linhas de pesquisa): urbanismo e municipalismo no Brasil; memória, cultura e cidade; município, municipalismo e vida urbana; política e legislação no debate municipalista; assistência aos municípios e gestão municipal; engenheiros e urbanistas: biografia profissional e pensamento urbanístico. Um segundo eixo de pesquisa (articulado ao primeiro eixo) perfaz um debate que não está restrito ao Brasil, mas ao contexto Iberoamericano: o municipalismo e os problemas urbanos municipais no âmbito da Organização Iberoamericana de Cooperacion Municipal, desde sua fundação como Organização Interamericana de Cooperacion Municipal em 1938..
    Natureza: Pesquisa.
    Integrantes: Amilcar Torrão Filho - Coordenador / DIAS, M.O.L. da S. - Integrante / SANT’ANNA, Denise Bernuzzi de - Integrante / Estefânia Knotz Canguçu Fraga - Integrante / Lucília Santos Siqueira - Integrante / Marcia Barbosa Mansor D’Alessio - Integrante...

     

    2009 – atual: Grupo de Pesquisa em História do Urbanismo e da Cidade-GPHUC

    Descrição: Trabalho, Cultura e Cidade

    Descrição: Esta proposta buscará intensificar o intercâmbio científico entre o Programa de Estudos Pós-Graduadas em História da PUC/SP, e os PPGH da UFAM e UFCG e promover a formação de recursos humanos nessas instituições. A linha norteadora das investigções e central na estruturação da proposta seráTRABALHO, CULTURA E CIDADE:estudos culturais, histórias, memórias, linguagens e perspectivas de presente que articula as preocupações temáticas, teóricas, e investigativas das três Instituições. Para o projeto, eleger a cultura como campo privilegiado, portanto como eixo de nossa reflexão histórica, significou reorientar nossas possibilidades de explicação, interpretação e perspectivas de investigação das questões relativas à cidade a ao trabalho. Com este eixo temático, trata-se de articular História, Memória e Linguagens, entendidas em suas múltiplas concepções e abordagens historiográficas e de tornar mais estreito e explícito o diálogo multidisciplinar, seja com a Antropologia, a Crítica Literária, a Psicologia e as Artes, dentre outros campos de reflexão. Este projeto, tal como se configura, se coaduna com os eixos temáticos e perspectivas de trabalho desenvolvidas pelos PPGHs da Universidade Federal do Amazonas (UFAM) e da Universidade Federal de Campina Grande (UFCG). O intercâmbio e cooperação com pesquisadores e instituições de ensino do Norte e Nordeste do país possibilitarão a identificação de dimensões relativas ao desenvolvimento acadêmico do campo da História naquelas regiões, principalmente as que dizem respeito à dinamização de novas linhas e temáticas de pesquisa, à organização de núcleos de pesquisa e ao trabalho com acervos e conjuntos documentais relevantes para a História do Amazonas, da Paraíba e de São Paulo. A tais preocupações se incorporam perspectivas de investigação que envolvem o exame e a avaliação dos projetos e políticas de preservação do patrimônio, com o objetivo de identificar, nas propostas de alteração e reformas urbanas, os significados das diveras experiências sociais e, portanto, das memórias e das várias histórias das cidades e de seus moradores. Nos estudos sobre o tema Trabalho, a ênfase recai nos modos de trabalhar intimamente relacionados a outros modos de viver, sempre considerando a diversidade das práticas, valores e sentimentos que caracterizam cada labuta. A intenção de aprofundar atividades de intercâmbio com aquelas instituições atende às solicitações de docentes e alunos dos três PPGH‘s envolvidos no atual Projeto PROCAD. A viabilização de trabalhos que atendam a essas expectativas será facilitada pelos suportes materiais e financeiros previstos pelo presente edital PROCAD/CAPES...
    Situação: Em andamento;
    Natureza: Pesquisa;
    Alunos envolvidos: Graduação: (24) / Mestrado acadêmico: (16).
    Integrantes: Amilcar Torrão Filho - Coordenador / DERNTL, Maria Fernanda - Integrante / BRESCIANI, Maria Stella Martins - Integrante / Rodrigo Santos de Faria - Integrante.

Antonio Pedro Tota  

  • E-mail: totabara@pucsp.br
    totapedro@uol.com.br

    Curriculo Lattes: http://lattes.cnpq.br/1382993125223554

    História dos Estados Unidos; História do Brasil República; cultura de massa; cultura; americanização; Segunda Guerra; Guerra Fria.

    Possui graduação em História pela Universidade de São Paulo (1973), mestrado (1980) e doutorado (1987) em História Social pela mesma universidade, e pós-doutorado pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo e Columbia University (1989-1991). Atualmente é professor titular da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. Tem experiência na área de História Contemporânea, com ênfase em História dos Estados Unidos. Pesquisa aspectos das relações entre o Brasil e os Estados Unidos e o processo de americanização da América Latina, enfatizando os seguintes temas: cultura de massa, cultura, americanização, Segunda Guerra, Guerra Fria. Autor, entre outras obras, d’O Imperialismo Sedutor (lançado em 2000 pela Cia das Letras), The Seduction of Brazil (lançado em 2009 pela University of Texas Press), Os Americanos (Editora Contexto, 2009), e O Amigo Americano, Nelson Rockefeller e o Brasil (Cia das Letras, 2014). Ministra, para o curso de Relações Internacionais da PUC-SP, disciplinas obrigatórias e optativas ligadas à cultura e à história dos EUA, focalizando as relações entre esse país e o Brasil na contemporaneidade. Líder do Núcleo de Pesquisa de Política, História e Cultura (POLITHICULT), orienta mestrados e doutorados nas linhas de pesquisa História e Cultura, Cultura e Representação, entre outros.

    Projetos de pesquisa em andamento

    2013 – atual: O que se deve ler para conhecer os EUA

    Descrição: Esse projeto visa refletir sobre os circuitos musicais entre Brasil e África na contemporaneidade. Para tanto, selecionamos músicos do Brasil e da Nigéria para pensar as redes de comunicação que se estabelecem através da memória sônica negra. Como os diálogos entre tradição e contemporaneidade se manifestam nas músicas, quais os diálogos entre o mundo oral e o rítmico, qual a importância do saber oral nessas musicalidades, quais estéticas estão se desenhando no final do século XX. Enfim, o projeto visa esmiuçar as novas redes de comunicação no Atlântico Negro e como os resultados musicais imprimem um aspecto global para as músicas negras contemporâneas...
    Situação: Em andamento;
    Natureza: Pesquisa.
    Integrantes: Amailton Magno Azevedo - Coordenador.

Antonio Rago Filho 

  • E-mail: aragofilho@pucsp.br
    depaularago@uol.com.br

    Curriculo Lattes: http://lattes.cnpq.br/9120766131080415

    História do Brasil República; História Latino-Americana; ontologia histórico-imanente de Marx e Lukács; Ditadura Militar; a Arte de Astor Piazzolla e Pino Solanas; estética e revolução social.

    Possui graduação em Ciências Políticas e Sociais pela Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo (1976), mestrado em História pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (1989) e doutorado em História pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (1998). Atualmente é professor titular do Centro Universitário Fundação Santo André e professor titular da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. Tem experiência na área de História, com ênfase em Teoria da História, História da Música e História do Brasil pós-1964, atuando principalmente nos seguintes temas: ontologia histórico-imanente de Marx e Lukács, ditadura militar, a Arte de Astor Piazzolla e Pino Solanas, Estética e Revolução social de Espanha. É parecerista da Revista PolHist - Boletín Bibliográfico Electrónico del Programa Buenos Aires de Historia Política e da Associação Nacional de Pesquisa e Pós-Graduação em Música - ANPPOM. É editor da Revista Projeto História e coordena o Núcleo de Estudos de História: trabalho, ideologia e poder, NEHTIPO do Programa de Estudos Pós-graduados em História da PUC-SP, pertence à Asociación Internacional para el Estudio de la Música Popular, IASPM-AL. Parecerista da Revista Historia Caribe (Co); Estudios - Revista de Pensamiento Libertário (CNT/FAI). É assessor ad-hoc da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo e do CNPq.

    Projetos de pesquisa em andamento

    2013 – atual: Comuna das Asturias, revolução social, guerra e arte

    Descrição: A pesquisa versa sobre a Comuna das Asturias de 1934 e os desdobramentos das lutas dos trabalhadores na Segunda República Espanhola (1931-1936). Investiga a historiografia sobre a Revolução e a Guerra Civil espanholas, focando a luta pela coletivização dos meios de produção e a hegemonia do anarquismo espanhol. Pesquisa produção artística que foi elemento vital de resistência ao franquismo, ao fascismo e ao nacional-catolicismo de Espanha no período de 1936-1939. Também investiga especificamente a crítica à historiografia neofranquista de Pío Moa Rodriguez. Projeto desenvolvido no Núcleo de Estudos de História: Trabalho, Ideologia e Poder (NEHTIPO), e em parceria com o pesquisador Pablo Piccato, do Departamento de História e do ILAS - Institute of Latin American Studies da Universidade Columbia, NY...
    Situação: Em andamento;
    Natureza: Pesquisa.
    Alunos envolvidos: Doutorado: (2).
    Integrantes: Antonio Rago Filho - Coordenador / Rosana Portela - Integrante.

Carla Reis Longhi 

  • E-mail: clonghi@pucsp.br
    carlalonghi@uol.com.br

    Curriculo Lattes: http://lattes.cnpq.br/4393774880761973

    Meios de Comunicação no Espaço Público e Privado; Aparato Repressivo; Autoritarismo; cidadania; Deops SP; esfera pública; Golpe Militar.

    Possui graduação em História pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (1988), Licenciatura Plena pela mesma instituição (1988); mestrado (1994) e Doutorado (2005) em História Social pela Universidade de São Paulo . Realiza Pós-Doutorado em Comunicação na Facultad de Ciências de la Información de la Universidad Complutense de Madrid. Atualmente é professora titular no Programa de Pós-graduação em Comunicação da Universidade Paulista e Coordenadora do Curso de História da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC/SP). Realiza pesquisas com ênfase nos estudos de processos de mediação e recepção no âmbito do Público e Privado e estudos político-culturais contemporâneos com ênfase em História do Brasil. Atua na Linha de Pesquisa Cultura Midiática e Grupos Sociais e lidera o Grupo de pesquisa “ Mídia, Cultura e Política: identidades, representações e configurações do público e do privado no discurso midiático”, cadastrado no CNPq. Autora de livros e artigos relacionados à sua àrea de pesquisa. Atua nas áreas de história e comunicação, priorizando suas interfaces.

    Projetos de pesquisa em andamento

    2013 – atual: ENTRE OS FIOS E OS RASTROS - CULTURA, POLÍTICA E MÍDIAS COMPONDO A TESSITURA DE REPRESENTAÇÕES SOCIAIS BRASIL/ESPANHA

    Descrição: Projeto de Pós-doutorado submetido e aprovado na Universidad Complutense de Madrid com bolsa Fapesp.
    Situação: Em andamento;
    Natureza: Pesquisa.
    Integrantes: Carla Reis Longhi - Coordenador / Manuel Fernandez Sande - Integrante.
    Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Bolsa.

Denise Bernuzzi de Sant’Anna 

  • E-mail: dbernuzzi@pucsp.br

    Curriculo Lattes: http://lattes.cnpq.br/9100012030618652

    História do corpo; história urbana; cultura material; moda; história da higiene e da saúde

    Possui graduação e mestrado em Historia pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, Diploma de Estudos Avançados em Historia pela Universidade Paris VII (1990) e doutorado em História - Universite de Paris VII (1994). Realizou Pós-Doutorado na EHESS em 2003/4 e é livre docente pela PUC-SP (2004). Foi professora convidada da EHESS em 2000-2001 e em 2007. Foi professora convidada do Erasmus Mundus PhoenixEM Dynamics of Health and Welfare - 2008-2009. Desde 1996 é professora da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. Tem experiência na área de História, com ênfase em História Contemporânea, História do Brasil e História da saúde. É bolsista produtividade I do CNPq com a pesquisa “Uma história de peso”. Em fevereiro de 2014 teve aprovado pelo CNPQ o projeto intitulado “Das antigas mágoas à moderna depressão. Uma história das emoções “, a ser desenvolvido entre 20014 e 2018. Foi coordenadora do PIBIC na PUC-SP. Especializou-se em história do corpo, e trabalha com temas relacionados à história urbana, história da higiene e da saúde entre os séculos XIX e XX. Lidera o grupo de pesquisa “A condição corporal”.

    Projetos de pesquisa em andamento

    2010 – 2014: Uma história de peso: gordos e magros entre 1900 e 1960

    Descrição: Projeto de pesquisa aprovado pelo CNPq - bolsa produtividade - a vigorar a partir de fevereiro de 2010. O objetivo principal desta pesquisa é o de realizar a história das preocupações com o peso corporal entre 1900 e 1960, incluindo o entendimento das representações dos gordos e magros na imprensa e na medicina...
    Situação: Em andamento;
    Natureza: Pesquisa.
    Integrantes: Denise Bernuzzi de Sant’Anna - Coordenador.

    2011 – 2012: Análise da amplitude do discurso científico. Imaginário e expectativas contemporâneas

    Descrição: O projeto objetiva estudar a constituição histórica dos ideais de progresso científico presentes entre educadores brasileiros e na imprensa nacional durante a segunda metade do século passado. Também pretende perceber as relações da divulgação científica, incluindo a relevância de suas descobertas e o otimismo de suas promessas, com a formação do imaginário de superação do atraso social e cultural dos brasileiros. O trabalho baseia-se na análise de documentos escritos jornais e revistas do período assim como em entrevistas realizadas com educadores. Os resultados esperados são: Orientação de mestrados e doutorados dentro da temática Organização de um colóquio, na PUC-SP, no final de 2012, para reunir pesquisas e pesquisadores sobre o tema estudado...
    Situação: Em andamento;
    Natureza: Pesquisa.
    Integrantes: Denise Bernuzzi de Sant’Anna - Coordenador / Mariza Romero - Integrante / Leda Rodrigues - Integrante.
    Financiador(es): Pontifícia Universidade Católica de São Paulo - Remuneração.

Estefania Knotz Cangucu Fraga 

  • E-mail: ekfraga@pucsp.br
    ekfraga@uol.com.br

    Curriculo Lattes: http://lattes.cnpq.br/0008865180100924

    Trabalhadores; Ofícios e Profissões; Mundo do Trabalho; Exclusão-social; Trabalho Informal; Trabalho e Tradições; Cidade; Historia; Cultura; Cotidiano; Poder; Relações Culturais; Representações; Relações de Poder; Representações Imagéticas; Expressões Corporais.

    Possui graduação e Especialização em História pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo - PUC.SP. ( 1963 ). É doutora em História pela PUC.SP ( 1968 ). Foi Coordenadora e Vice-Coordenadora do Programa de Pós Graduação em História da PUC.SP. em várias gestões onde também leciona e desenvolve projetos vinculados às Linhas de Pesquisa Cultura e Cidade; Cultura e Trabalho; Cultura e Representação. É membro da Coordenação do Lato Sensu em História da PUC.SP. Atua no Conselho Editorial da Revista Projeto História e em várias Comissões na Universidade.

    Projetos de pesquisa em andamento

    2013 – atual: Sub Projeto ,Cidade, Cidades: práticas culturais, memórias e linguagens

    Descrição: Equipar pesquisadores do Programa e Pós Graduação em História envolvidos na produção de conhecimento sobre a cidade, possibilitando-lhes o uso de equipamentos destinados à melhoria da estrutura de pesquisa, no que se refere ao levantamento, à produção, organização e disponibilização de registros sonoros e imagens (fixas e em movimento) de diferentes práticas culturais, memórias e linguagens da cidade. Da qualidade e especificação adequada dos equipamentos de penderá a capacidade e desempenho do Projeto no sentido de realizar a captura (recolha e produção) ,tratamento (incluindo o sistema de edição) e armazenamento e backup (guarda com segurança) do acervo...
    Situação: Em andamento;
    Natureza: Pesquisa.
    Integrantes: Estefania Knotz Cangucu Fraga - Coordenador / Maria Antonieta Antonacci - Integrante / HELOISA DE FARIA CRUZ - Integrante / Vera Lúcia Vieira - Integrante / Fernando Londoño - Integrante / Maria Izilda Santos de Matos - Integrante / Maria do Rosário da C. Peixoto - Integrante / YVONE DIAS AVELINO - Integrante / Olga Brites - Integrante.
    Financiador(es): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Auxílio financeiro.

    2009 – 2012: Trabalho escravo contemprâneo e direitos humanos no Brasil (século XX)

    Descrição: Investigar situações de trabalho escravo no Brasil e violação aos direitos humanos...
    Situação: Em andamento;
    Natureza: Pesquisa.
    Alunos envolvidos: Doutorado: (3).
    Integrantes: Estefania Knotz Cangucu Fraga - Coordenador / Antonio de Almeida - Integrante / Rodrigo Schwarz - Integrante / Direu Benincá - Integrante.

    2009 – 2012: Práticas de sociabilidade urbana no Brasil, séc. XIX e XX

    Descrição: Levantar, sistematizar e trabalhar fontes sobre práticas de sociabilidade no espaço urbano, nos séculos XIX e XX, nas cidades de Belém (Pará), Fortalez (Ceará), São Paulo (S.P.), Rio de Janeiro e cidades do Vale do Paraiba (Taubaté e São José dos Campos). Nessas cidades, locais como praças públicas, igreja, clubes, inclusive clubes esportivos, restaurantes, bares, mercados municipais, locais de comércio, teatoros, cinemas, são identificados e trabalhados na abordagem temática pretendida, em fontes variadas, nos Arquivos Públicos Estaduais, Arquivos das Câmaras Municipais, Arquivos do Judiciário, Bibliotécas, jornais, arquibvos particulares, museus e demais instituições, con forme o desenvolvimento da pesquisa. Procura-se analisar , a partir da constituição de temáticas de estudo, as especificidades das formas de convivência social,focando práticas tradicionais e as tensões e conflitos gerados no processo de transformação urbana, introduzindo novos hábitos e práticas de sociabilidadew, expressas nas relações de interesse e poder. Os resultados parciais da pesquisa são apresentados em Simpósios, Congressos, publicação de artigos, oficinas palestras, cursos de extensão e o produto final pretendido serão as dissertações e teses, sobretudo aquelas que representam significativa contribuição aos estudos regionais. Pretende-se também, após a conclusão do projeto, organizar as pesquisas para publicação de uma coletânea .Em relação aos alunos que realizam trabalhos de conclusão de curso (TCC), as monografias concluídas, serão trabalhadas como projetos para continuidade da pesquisa no mestrado...
    Situação: Em andamento;
    Natureza: Pesquisa.
    Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Mestrado acadêmico: (7) / Doutorado: (2).
    Integrantes: Estefania Knotz Cangucu Fraga - Coordenador / Santos, Lídia Noemia Silva dos - Integrante / Silva, Antonio Carlos Oliveira da - Integrante / Silva, Fabrício Herbert Teixeira da - Integrante / Luciano Deppa Banchetti - Integrante / Machado, Felipe Morelli - Integrante / Roque, Zuleika Stefania Sabino - Integrante / Marcelo Fonseca - Integrante / Roseane Silveira - Integrante / Carla M. Vieira - Integrante / Filipi Faustino Mendonça - Integrante / Victor Hugo de Morais Ribeiro - Integrante / Thiago de Mello Moraes Manicardi - Integrante.

Ettore Quaranta 

  • E-mail: quarenta_32@hotmail.com

    Curriculo Lattes: http://lattes.cnpq.br/4705841890494700

    História Antiga e Medieval.

    Possui graduação em História pela Universidade de São Paulo (1975), graduação em Letras Clássicas pela Universidade de São Paulo (1977), Mestrado em História Econômica pela Universidade de São Paulo (1987) e Doutorado em Letras (Letras Clássicas) pela Universidade de São Paulo (1998). Atualmente é Assistente Doutor da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. Tem experiência na área de História, com ênfase em História Antiga e Medieval.

    Projetos de pesquisa em andamento

    2011 – atual: Cotidiano Antigo, Arte e Agricultura Romana

    Descrição: Preparo de alguns alunos para Pesquisas em Cotidiano Antigo, Arte e Agricultura Romana.
    Situação: Em andamento;
    Natureza: Pesquisa.
    Alunos envolvidos: Graduação: (4)
    Integrantes: Ettore Quaranta - Coordenador.
    Número de produções C, T & A: 1

    1993 – atual: Núcleo de Estudos de História Social da Cidade (NEHSC)

    Descrição: O grupo existe há maasi de 10 anos. Já participou de vários eventos, encontros científicos, congressos nacionais e internacionais, publicações, exposições, simpósios, seminários e debates, defesas de dissertações e teses, cursos em graduação e pós - graduação (latu e stritu senso) convênios e intercaâmbios com algumas Universidades Latino - Americanas e Espanholas. Em 1997, desdobrou-se para s UNIFACS em Salvador - Bahia conforme está sendo informado pelo relatório pelo relatório próprio deste núcleo na Bahia, sob a coordenação da Dr. Sônia Maria Cavalcanti. No ano de 2002 realizou um conjunto com a Comissão de Direitos Humanos da Assembléia Legislativa de São Paulo, o evento “25 Anos de Invasão da PUC-SP”, homenageando Dom Paulo Evaristo Arns com a Comenda Dom Helder Câmara, oferecida pela Sociedade Cearense de Cidadania, coordenada pela Profa. Dra. Luciara Silveira de Aragão e Frota. Em 2003, após dois anos de pesquisa coordenada pela Profa. Dra. Yvone Dias Avelino, sobre “As transformações Urbanas e Sociais da Cidade de São Paulo através do Centro Técnico de Preservação da Memória da Secretaria da Saúde de São Paulo (1889-1972)”, em parceria com o Museu de Saúde Pública Emílio Ribas e financiada pela FAPESP em Políticas Públicas, o NEHSC lançou evento chamado “Lançamento do Site do Museu Iconográfico de Saúde Pública de São Paulo - MISP” realizado na PUC-SP. O referido site é www.misp.pucsp.br, que foi resultado da pesquisa e coordenado pelo Prof. dr. Adilson José Gonçalves. Em 2004, O NEHSC participou do evento comemorativo dos 35 anos de Pós - Graduação da PUC-SP, pesquisando e apresentando a História da Universidade através da fala da Profa. Dra. Yvone Dias Avelino, e produzindo um vídeoclipe com imagens, depoimentos e homenagens daqueles que construíram e constróem a pós - Graduação. Ainda em 2004, e com expectativas de continuidade nos próximos anos, o NEHSC apresenta a proposta da criação de um “Centro de Memória da Vila Madalena”...
    Situação: Em andamento;
    Natureza: Pesquisa.
    Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Especialização: (0) / Mestrado profissionalizante: (0) / Doutorado: (0) .

    Integrantes: Ettore Quaranta - Integrante / Adilson José Gonçalves - Integrante / Antonia Terra de Calazans Fernandes - Integrante / Antonio Carlos da Silva - Integrante / Ari Marcelo Macedo Couto - Integrante / Carlos Danilo Oliveira Lopes - Integrante / Carmélia Aparecida Silva Miranda - Integrante / Denise Aparecida Corrêa - Integrante / Irene Barbosa de Moura - Integrante / Luciara Silveira de Aragão e Frota - Integrante / Luiz Gonçalves Junior - Integrante / Marcelo Flório - Integrante / Marcelo Zarzuela Coelho - Integrante / Marcia Barros Valdivia - Integrante / Maria Aparecida Macedo Pascal - Integrante / Maria de Lourdes Di Siervi - Integrante / Maria Stella Alves de Lima dos Santos Pereira - Integrante / Renata Batista de Oliveira - Integrante / Roberto Carlos Barreiro Filho - Integrante / Rosa Kulcsar - Integrante / Sérgio Bicudo Veras - Integrante / Simone Abreu - Integrante / Siwla Helena Silva - Integrante / Sônia Maria Ribeiro Simon Cavalcanti - Integrante / Tânia Maria Moreno - Integrante / Vanessa Simon Cavalcanti - Integrante / Virgínia Nazaré Rocha Aveiro Dias - Integrante / Yvone Dias Avelino - Coordenador / Larissa Jamila Elias - Integrante / Paulo Armando Cristelli Teixeira - Integrante / Ricardo Marushi Desideri - Integrante.
    Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Outra.

Heloisa de Faria Cruz 

  • E-mail: hcruz@pucsp.br
    cruzhelo@uol.com.br

    Curriculo Lattes: http://lattes.cnpq.br/7821366391162142

    História da imprensa; Cidade e Culturas Urbanas; Memória e Patrimônio; História do trabalho e dos trabalhadores; Ensino de História.

    Possui graduação em História pela University Of Wisconsin (1975), mestrado em História Social pela Universidade Estadual de Campinas (1984) e doutorado em História Social pela Universidade de São Paulo (1994).É professora do Programa de Pós-Graduação e do Curso de Graduação em História da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo- PUC-SP desde 1986 e, atualmente, coordena o CEDIC- Centro de Documentação da mesma Universidade.Atua como orientadora de mestrado e doutorado ,; coordenou e coordena projetos de pesquisa nas seguintes áreas temáticas: História da imprensa, Cidade e Culturas Urbanas, Memória , Patrimônio e Documentação, História do Trabalho e dos Trabalhadores, Ensino de História. Na área do ensino básico foi professora de História da Rede Estadual de São Paulo, coordenou projetos de formação de professores e de educação continuada na área de ensino da História e foi Secretaria de Educação do Município de Guarulhos entre os anos 2003 a 2006.

    Projetos de pesquisa em andamento

    2013 – atual: PARA ALÉM DA IMPRENSA ALTERNATIVA: Imprensa e Impressos dos Movimentos Sociais Paulistas 1970/1990

    Descrição: O projeto de pesquisa propõe a reflexão sobre a história da imprensa popular e alternativa no contexto das lutas de resistência a ditadura civil- militar e de redemocratização do país, e volta-se para a discussão da constituição de suas formas históricas. Tendo como objeto de estudo a imprensa e os impressos produzidos pelos movimentos sociais em São Paulo entre os anos 1970 e 1980, articula-se aos estudos da história social da imprensa no Brasil, indagando sobre as experiências de diversos grupos e sujeitos coletivos que assumiram a produção, organização e edição de publicações impressas que se propunham falar em defesa dos interesses populares naquela conjuntura. A preocupação básica é refletir sobre a natureza social do que denominamos de campo alternativo popular no interior do qual vem a público uma grande variedade de periódicos que se constituem de modo sistemático ou de maneira mais intermitente, mas não menos articulados na vida social. Periódicos que, em diferentes espaços sociais , no interior do movimento hegemônico que constitui a imprensa de massa , sinalizam a busca da independência ou da autonomia, assumindo qualificações como Imprensa popular, independente, radical, alternativa, dissidente, de resistência, livre. Na conjuntura de emergência das lutas sociais no período busca-se aprofundar a reflexão sobre as relações entre cultura impressa e a constituição histórica de novos atores sociais os movimentos populares urbanos e o chamado novo sindicalismo . Trata-se de dialogar com o processo de constituição destes novos atores sociais via o estudo de uma gama extremamente rica e variada de jornais, boletins, folhetos, cartilhas e outros impressos por eles produzidos e que se constituíam em um dos principais espaços de articulação coletiva e de difusão e visibilidade pública de suas concepções, projetos, propostas e ações. Na análise destes materiais, importa investigar quais os sentidos e papéis atribuídos pelos movimentos a produção de.
    Situação: Em andamento;
    Natureza: Pesquisa.
    Integrantes: Heloisa de Faria Cruz - Coordenador.
    Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.

    2012 – atual: CLAMOR: Documentação e Memória de um Comitê pelos Direitos Humanos no Cone Sul

    Descrição: O projeto CLAMOR centrado em ações de preservação e difusão de acervos, tem como meta a disponibilização pública do Fundo CLAMOR do Comitê pelos Direitos Humanos no Cone Sul que atuou entre os anos de 1978 e 1991, reconhecido como uma das mais importantes entidades de solidariedade com refugiados, presos e perseguidos políticos das ditaduras do Cone Sul e de informação e denuncia sobre os crimes contra os direitos humanos cometidos por essas ditaduras.. Articula-se em torno de dois objetivos centrais: a) a complementação do Fundo e a construção de um histórico mais complexo da trajetória do Comitê em suas articulações com entidades e outros organismos de defesa dos Direitos Humanos no Brasil, na América Latina, na America do Norte e na Europa ; b) o tratamento e a organização do arquivo e digitalização do Fundo. Nominado no Registro Nacional do Programa Memória do Mundo da UNESCO em 2007, e pelo Registro Regional da América Latina e Caribe pelo mesmo programa em 2012, constituindo-se em espaço fundamental da preservação, não só da memória daquelas ações de solidariedade e resistência, mas também em elemento de prova para a reivindicação de reparação e outras ações da justiça de transição, o Fundo CLAMOR é consultado por um público bastante diversificado, dentre os quais destacam-se advogados, representantes legais ou familiares de presos políticos e/ou desaparecidos de países vizinhos, além de pesquisadores, nacionais e estrangeiros. Há que salientar que o Fundo encontra-se ainda em nível precário de organização e, a cada demanda específica que nos chega, torna-se necessário um longo trabalho de consulta à documentação, caixa por caixa, documento a documento. A realização de um projeto específico com os objetivos propostos é fundamental para agilizar o acesso à informação e aos documentos, além de possibilitar a preservação do acervo por meio de sua reformação...
    Situação: Em andamento;
    Natureza: Pesquisa.
    Integrantes: Heloisa de Faria Cruz - Coordenador / Jan Rocha - Integrante / Ana Célia Navarro de Andrade - Integrante.
    Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Auxílio financeiro.

    2010 – atual: Lugares de Memória: Documentação, Memória e Pesquisa

    Descrição: O projeto articula investigações históricas sobre as relações entre memória e documentação,e volta-se para a reflexão sobre os processos de constituição e dinâmicas de atuação de lugares de memória em diferentes espaços e temporalidades. Diferentemente do patrimônio edificado que, de forma crescente, tem merecido a atenção não só de urbanistas e arquitetos, mas também da pesquisa histórica, o patrimônio documental, constituindo-se como matéria fundamental na oficina do historiador, tem suscitado poucos estudos e debates da área, sendo considerado espaço quase exclusivo da área da arquivologia. Neste projeto, na pesquisa sobre as relações entre historia social e instituições de memória (Nora, 1984) tais como bibliotecas, arquivos, centros de documentação, museus, entre outros, privilegiando interfaces da História com a arquivologia, propomos contribuir com a reflexão sobre concepções e ações de seleção, tratamento, preservação e difusão do patrimônio documental. Importa também articular a reflexão sobre estas instituições aos processos de disputa pelo direito a informação e a memória.Nesta direção destacam-se os estudos voltados para os processos sociais nos quais se cruzam as disputas pelos direitos a cidade e de cidadania com as pelos direitos a memória. Na conjuntura atual, na qual se vislumbra a atuação da Comissão Nacional da Verdade, interessa particularmente os estudos sobre lugares de memória da repressão da resistência e das lutas por direitos humanos referidos a ditadura civil-militar, bem como os estudos sobre práticas e ações voltadas para conjuntos documentais relativos a este período. O projeto propõe reflexões em torno dos seguintes eixos: - concepções e ações de patrimônio documental que, em diferentes espaços e contextos históricos, informam as relações entre documentação e memória social - processos de patrimonialização, normatização e regulação de diferentes conjuntos documentais, bem como de criação e a.
    Situação: Em andamento;
    Natureza: Pesquisa.
    Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (3) Doutorado: (1).
    Integrantes: Heloisa de Faria Cruz - Coordenador / Simone Silva Fernandes - Integrante / Ana Célia Navarro de Andrade - Integrante / Viviane Tessitore - Integrante / Andresa Oliver Barbosa - Integrante / Paula Ribeiro Salles - Integrante / Talita dos Santos Molina - Integrante.

    2007 – atual: DIMENSÕES DA IMPRENSA POPULAR EM SÃO PAULO

    Descrição: O projeto articula-se aos estudos da história social da imprensa no Brasil, reunindo pesquisas sobre a imprensa popular paulista. Privilegia o estudo de periódicos que, em diferentes espaços sociais e conjunturas, no interior do movimento hegemônico que constitui a imprensa de massa no desenrolar do século XX, sinalizam a busca da independência ou da autonomia, assumindo qualificações como Imprensa independente, radical, alternativa, dissidente, de resistência, livre. Propõe a reflexão sobre a história da imprensa popular e alternativa e volta-se para a discussão da constituição de suas formas históricas. Trata-se de um projeto coletivo desenvolvido por professores do Núcleo de Estudos Culturais e Perspectivas do Presente do Programa de Estudos Pós-Graduados em História da PUC-SP e a CEDIC. Em seu interior desenvolvem-se sub-projetos coordenados por diferentes pesquisadores e que abordam áreas temáticas e segmentos específicos proposto por estes conjuntos documentais. Abordando diversas conjunturas, privilegiando os momentos de emergência das lutas sociais de resistência, busca aprofundar a reflexão sobre as relações entre cultura impressa e a constituição histórica de atores sociais e forças sociais dissidentes. -Propõe: localizar e produzir informações sobre periódicos da imprensa popular paulista nos acervos de diversos arquivos e centros de memória paulistas - organizar instrumentos de pesquisa sobre imprensa popular, produzida em São Paulo, entre os anos 1930-1990. - produzir estudos e análises voltados para a reflexão sobre movimentos históricos que constituem estes campos da imprensa popular em diversas conjunturas - constituir um campo de debate na área da História Social da Imprensa por meio da organização de seminários temáticos e grupos de pesquisa sobre temas e questões suscitadas pela pesquisa sobre a imprensa popular.
    Situação: Em andamento;
    Natureza: Pesquisa.
    Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (2) / Doutorado: (3).
    Integrantes: Heloisa de Faria Cruz - Coordenador / Maria do Rosário da Cunha Peixoto - Integrante.
    Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa / Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Bolsa.
    Número de produções C, T & A: 20 / Número de orientações: 8

    2002 – atual: CIDADES EM DISPUTA: CULTURAS URBANS, LUTAS SOCIAS E MEMÓRIAS

    Descrição: O projeto articula investigações sobre as relações entre cultura e vida urbana em diferentes cidades brasileiras a partir do final do século XIX. Volta-se para a reflexão sobre os processos de constituição das culturas urbanas, colocando em foco disputas na construção de poderes, na demarcação de territórios e na afirmação de memórias. Desenvolve-se em torno dos seguintes eixos: - Cidades e lutas sociais enfatiza o estudo sobre múltiplas experiências de luta, movimentos sociais e resistências, entre o campo e a cidade, o modos culturais de viver e trabalhar, disputas de território.Destacam-se os temas das migrações e da experiência de lutas dos trabalhadores sazonais e dos sem-terra. - Cidades e práticas culturais : pesquisa sobre diferentes espaços de constituição de práticas e instituições letradas e populares, indagando sobre os projetos que constituem o popular,o letrado (erudito, culto)e o massivo como campos de força. - Cidades e Memórias : Enfatiza problemáticas em torno da cultura e da memória populares, enfocando rituais, festas, tradições do viver e do trabalhar, referências culturais e patrimônio, nas diferentes linguagens que as constituem: orais, sonoras, gestuais, textuais, literatura, cinema, fotografia. No interior deste projeto, nesta segunda fase desenvolvem-se vários projetos de mestrandos e doutorandos sobre temas tais como: os impactos da cultura de massa e dos meios de comunicação na festa do Círio de Nazaré em Belém entre os anos 1980/2007; lutas pela posse da terra urbana e por moradia em Itabuna 1960/2000; as relações entre memória, modernização e patrimônio nas áreas do porto e do mercado em Manaus 1960/2005, memórias do presídio Barreto Campelo no período da Ditadura Militar. Como resultados e desdobramentos do projeto no ano de 2010 deve-se apontar a participação dos mestrandos e doutorandos com apresentação de comunicação de pesquisa no Seminários Regionais da ANPUH na Bahia, em Minas Gerais e em São Paulo, assim c.
    Situação: Em andamento;
    Natureza: Pesquisa.
    Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (3) Doutorado: (2).
    Integrantes: Heloisa de Faria Cruz - Coordenador.
    Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa / Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Bolsa.
    Número de produções C, T & A: 22 / Número de orientações: 14

Luis Antonio Dias 

  • E-mail: luizhistoria@yahoo.com.br

    Curriculo Lattes: http://lattes.cnpq.br/1974637581180796

    História do Brasil, movimentos sociais, mentalidades, política, imprensa.

    Possui mestrado em História pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (1993) e doutorado em História pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (2000). Atua como professor na Faculdade de Ciências Sociais da PUC-SP, em especial no departamento de História Professor do Programa de Pós Graduação (Stritco Sensu) em História da PUC-SP. Professor da Universidade de Santo Amaro. Tem experiência na área de História, com ênfase em História do Brasil, atuando principalmente nos seguintes temas: movimentos sociais, História do Brasil, mentalidades, política e imprensa.

    Projetos de pesquisa em andamento

    2013 – atual: Entre histórias e memórias: a trajetória de um intelectual Professor Paulo Edgar Almeida Resende

    Descrição: A trajetória política e profissional do professor Paulo Edgar Almeida Resende, da Faculdade de Ciências Sociais PUCSP, é conhecida por muitos de seus companheiros de jornada, no entanto, essa importância, essa história corre um risco, como todas as histórias, de embotarem com o tempo. O objetivo desse trabalho é resgatar essa memória e, sobretudo, resgatar sua obra. Nesse sentido, pretendemos organizar o acervo de textos do professor Paulo Resende que conta com quase duzentos arquivos (entre artigos, aulas, aforismas, ensaios) - e promover a publicação desse material, em especial a parte inédita. Assim, através de técnicas de organização de acervo, com uma contextualização histórica da produção, pretendemos organizar e publicar três obras com o material inédito: um livro com os cursos ministrados; um livro com artigos, com os mais variados temas; um livro com ensaios e aforismos...
    Situação: Em andamento;
    Natureza: Pesquisa.
    Alunos envolvidos: Graduação: (1).
    Integrantes: Luiz Antonio Dias - Coordenador / Rosemary Segurado - Integrante / Paulo Edgar da Rocha Resende - Integrante.

Maria Antonieta Martines Antonacci 

  • E-mail: antonaci@pucsp.br

    Curriculo Lattes: http://lattes.cnpq.br/2318298650310543

    História da África, Culturas Africanas e Afro-Brasileiras; oralidade; cultura popular; memória; conflitos culturais; cultura e linguagem; tradições orais; corpo e cosmogonias africanas; culturas negras da diáspora.

    Possui graduação em História pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (1969), mestrado em História Econômica pela Universidade de São Paulo (1978), doutorado em História Econômica pela Universidade de São Paulo (1986) e pós-doc em Antropologia Social pela EHESS (1999/2000). Atualmente, é Professora Associada da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. Tem experiência na área de História, com ênfase em História do Brasil, atuando em História da África, Culturas Africanas e Afro-Brasileiras, principalmente nos seguintes temas: oralidade, cultura popular, memória, conflitos culturais, cultura e linguagem, tradições orais, corpo e cosmogonias africanas, culturas negras da diáspora.

    Projetos de pesquisa em andamento

    2013 – atual: Culturas da voz em circuitos África - Brasil - África segunda fase

    Descrição: Trabalho com tradições orais, analisando diferentes formas de expressão e comunicação em culturas orais: música, literatura oral, contos, lendas, crenças, simbologias, cinema, recursos audio-visuais. Sob este ângulo de estudos procuramos compreender rotas e circuitos nas duas margens do Atlântico Sul...
    Situação: Em andamento;
    Natureza: Pesquisa.
    Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (8) Doutorado: (5).
    Integrantes: Maria Antonieta Martines Antonacci - Coordenador.

Maria Izilda Santos de Matos 

  • E-mail: mismatos@pucsp.br

    Curriculo Lattes: http://lattes.cnpq.br/3818957885297532

    História do Brasil; música; gênero; história das mulheres; cotidiano; cidade; imigração.

    Possui graduação em História pela Universidade de São Paulo (1978) e doutorado em História pela Universidade de São Paulo (1991), tem pós doutorado Université Lumiere Lyon 2/França (1997). Atualmente é professora titular da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo e colaboradora da Universidade Estadual do Ceará. Participou de vários outros projetos de pesquisa, é pesquisadora 1do CNPq. Em 1994 recebeu o prêmio SESI-CNI de Teses Universitárias, com o trabalho Trama e Poder, em que estuda as indústrias paulistas, entre 1890-1934. Tem experiência na área de História, com ênfase em História do Brasil, atuando principalmente nos seguintes temas: historia, música, gênero, historia das mulheres e cidade.. Entre suas obras destacam-se: Melodia e Sintonia: o masculino, o feminino e suas relações em Lupicínio Rodrigues. RJ, 2ª ed., Bertrand Brasil, 1999. Dolores Duran: Experiências Boêmias em Copacabana nos anos 50. RJ: Bertrand Brasil,2.ed,2002. O imaginário em debate. SP, Olho d’água, 1998. A Cidade em debate. SP, Olho D’água, 1999. Por uma história das mulheres, SP, EDUSC, 2000. Meu lar é o botequim, SP, Cia Editora Nacional, 2.ed., 2002. Cotidiano e Cultura: história, cidade e trabalho, SP, EDUSC, 2002. Ancora de Emoções, Bauru, EDUSC, 2005. Gênero e Terceiro Setor. Ed. Catavento, 2005. A cidade, a noite e o cronista: São Paulo de Adoniran Barbosa. Bauru, EDUSC, 2008. História e Deslocamentos: os portugueses. Bauru/Porto, EDUSC/CEPESE, 2008. Portugueses: deslocamentos, experiências e cotidiano SP séculos XIX e XX. Bauru, EDUSC, 2013.

    Projetos de pesquisa em andamento

    2013 – atual: Á espera da mala postal: Cartas, correspondências e mensagens trocadas entre imigrantes portugueses. (SP-Portugal 1890-1950)

    Descrição: Esta investigação pretende discutir a presença dos imigrantes portugueses (homens, mulheres e crianças, particularmente os vindos do Norte de Portugal) em São Paulo, entre 1890 e 1950. Os processos de deslocamento incluíram uma diversidade de trajetórias e multiplicidade de experiências, processos diferentes e simultâneos que compõem a trama histórica. Dessa forma, esta proposta visa abrir um leque de possibilidades de reflexão, incorporando à análise da temática dos deslocamentos a perspectiva cultural, rastreando os vínculos estabelecidos, circuitos de sustentação nas regiões de saída e de acolhimento, expectativas e sonhos construídos no processo, tensões e frustrações, possibilidades de reencontros e reconstituição familiar, sucesso-desilusão, sonhos-sensibilidades. Os processos de deslocamento foram vivenciados por homens e mulheres de forma diferentes, contrastadas, variadas, convergentes ou não, foram múltiplas experiências que dotaram as mobilidades de sentidos políticos, constituindo laços comunitários e étnicos; dessa forma, se pretende discutir os vínculos estabelecidos, as redes de sustentação nos países de saída e de acolhimento, os sonhos e expectativas construídos nesses processos, as tensões e frustrações, contatos mantidos e rompidos, retornos e possibilidades de reencontros. A pesquisa estará centrada na análise das cartas e correspondências inéditas localizadas no arquivo do Memorial do Imigrante de São Paulo (antiga Hospedaria dos Imigrantes de São Paulo, atualmente depositadas no Arquivo Público do Estado de São Paulo) e em arquivos portugueses como o Arquivo Distrital do Porto, Arquivo Distrital de Braga e Arquivo Distrital de Viana do Castelo. A presente proposta encontra-se inserida em redes de pesquisadores nacionais e internacionais, com destaque para da Rede Internacional de Investigação REMESSAS (Rede de Emigração da Europa do Sul para América do Sul), que articula pesquisadores sobre i/emigração portuguesa de todo o Brasil com várias instituições internacionais, centrada no CEPESE, em Portugal e o Grupo de Pesquisa de Escritas das Mobilidades (centrado na Universidade de Alcalá/Espanha, articula pesquisadores de toda a Europa e América)...
    Situação: Em andamento;
    Natureza: Pesquisa.
    Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Especialização: (2) / Mestrado acadêmico: (2) / Doutorado: (2)
    Integrantes: Maria Izilda Santos de Matos - Coordenador.

    2004 – atual: Imigração portuguesa em São Paulo, Pesquisa histórica sobre as diferentes experiências dos imigrantes portugueses, observando recortes des gênero e geração.

    Descrição: Esta pesquisa pretende trazer uma contribuição para o estudo da presença portuguesa na cidade de São Paulo, no período entre 1890 e 1950. A análise procurará recuperar as memórias e as experiências cotidianas dos imigrantes portugueses, incorporando as dimensões do trabalho e da política, recobrando a diversidade e a dinâmica das ocupações que absorviam esses homens e mulheres em suas trajetórias em São Paulo..
    Situação: Em andamento;
    Natureza: Pesquisa.
    Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (2).
    Integrantes: Maria Izilda Santos de Matos - Coordenador.
    Financiador(es): Centro de Estudos da População, Economia e Sociedade - Cooperação / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa / Memorial do Imigrante de São Paulo - Cooperação.

    1997 – 2005: Meu lar é o botequim: alcoolismo e masculinidade

    Descrição: Focalizar as questãos da masculinidade através da pesquisa sobre a documentação médica, periodoa 1890-1950...< br /> Situação: Em andamento;
    Natureza: Pesquisa.
    Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (4) / Doutorado: (1).
    Integrantes: Maria Izilda Santos de Matos - Coordenador.

    1996 – 2005: Melodia e Sintonia em Lupicínio Rodrigues

    Descrição: A vasta produção musical de Lupicínio Rodrigues, compositor de grande sucesso e aceitação popular, durante as décadas de 30, 40 e 50, retratou a vida da boêmia, um espaço-tempo identificado com a “desordem”, com o não-trabalho e até, com o indevido, o proibido. Este trabalho pretende, através da análise da produção musical de Lupicínio Rodrigues, retratista do imaginário boêmio, cujas composições revelam as representações e relações que condicionariam esse universo, recuperar os perfis de gênero e de suas relações...
    Situação: Em andamento;
    Natureza: Pesquisa.
    Alunos envolvidos: Graduação: (2).
    Integrantes: Maria Izilda Santos de Matos - Coordenador.

Maria do Rosario da Cunha Peixoto 

  • E-mail: mrpeixoto@pucsp.br
    rosario.peixoto@hotmail.com

    Curriculo Lattes: http://lattes.cnpq.br/3448636658822182

    História do Brasil; Resistência; Literatura; Infantil; Imagens; Cultura; Memória; Cidade e Representação.

    Possui graduação em História pela Faculdade de Filosofia Ciências e Letras de Santa Maria(1973), mestrado em História pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo(1987) e doutorado em História Social pela Universidade de São Paulo(1997). Atualmente é Assistente doutora da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. Tem experiência na área de História, com ênfase em História do Brasil. Atuando principalmente nos seguintes temas:Resistência, Literatura, Infantil, Imagens.

    Projetos de pesquisa em andamento

    2013 – atual: Cidade-cidades: histórias, memórias e linguagens

    Descrição: Tomando como objeto de estudo as diferentes experiências de vida e trabalho na cidade e no campo, em espaços e temporalidades diversas, este projeto é um desdobramento do projeto anterior: Nessa etapa, partindo da concepção da cidade como espaço de acirramento das disputas entre diferentes grupos sociais, trata-se de investigar a complexidade de suas relações com o campo, evidenciada nas lutas pela conquista e permanência na terra, nas novas formas e relações de trabalho no campo e na cidade e seus modos específicos da articulação. Investigar as formas de escrita e narrativas da e na cidade, pela incorporação de novas fontes documentais e instrumentos teóricos. Nesta fase, buscamos adensar a reflexão, mantendo, contudo, as premissas teóricas da etapa anterior, conforme segue: Busco apreender diferentes processos de constituição das culturas urbanas e as tensões daí decorrentes, pensando o papel ativo das linguagens através dos quais os diferentes sujeitos se apropriam da cidade e a decodificam. Nessa perspectiva vale pensar as diferentes formas de expressão (literatura, música, cinema, moda, imprensa, narrativas orais) como instituíntes do real e não apenas como mero instrumento de comunicação. Vale indagar sobre quem tem direitos a tais linguagens e sobre as memórias que contribuem para construir. Essas diferentes práticas são pensadas como expressões de uma dimensão cultural mais ampla da vida moderna que interagem com as forças políticas, econômicas e sociais, como constituição, mercado, formação de público, desenvolvimento de estéticas, percepções de tempo e sedução por tecnologia. Trata-se de investigar as dimensões imaginárias da realidade que tornam cada vez mais indistintas as fronteiras entre a realidade as representações. Lidar com as memórias da cidade implica em lidar com a presença do passado desaparecido e da força de sua irrupção no presente. Trata-se de buscar a reconstrução do passado sobre as bases dos rastros deixado por ele. Nesse processo, segundo Ganegbin, ganhamos a consciência da fragilidade essencial dos rastros , por meio dos quais reconstruímos as memórias dissidentes muitas vezes apagadas ou esquecidas pela constituição da memória dominante, que se quer única. Em 2013 participam do projeto: os doutorandos Nivaldo Oswaldo Dutra: Retalhos da Memória: os negros de Mangal/Barro Vermelho, Comunidade quilombola do Médio São Francisco, Bahia ; Egnaldo Rocha Silva, Karen Pinho Moriya: Soho Mangá: sensibilidades, embates e rupturas nas histórias em quadrinho japonesas para o público feminino adolescente na década de 70 ; Audrey Maria Mendes de Freitas Tapety: Conversas entre amigos: interlocução epistolar entre os intelectuais Possidônio Queiroz e Bujiya Brito nas décadas de de 70 e 80 ; Moysés Pereira Silva: Filhos da violência: o Estado civil-militar e a institucionalização do trabalho escravo (1960-1980) e o mestrando Cleyton Antônio da Costa: Dezesseis de Julho: festas, memórias e vivências na cidade de Borda da Mata/MG ...
    Situação: Em andamento;
    Natureza: Pesquisa.
    Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) Doutorado: (5).
    Integrantes: Maria do Rosario da Cunha Peixoto - Coordenador / Egnaldo Rocha da Silva - Integrante / Nivaldo Oswaldo Dutra - Integrante / Karen Pinho Moriya - Integrante / Audrey Maria Mendes de Freitas Tapety - Integrante / Moysés Pereira Silva - Integrante / Cleyton Antonio da Costa - Integrante.

    2013 – atual: Infância, Juventude: abordagens interdisciplinares.- literatura Infantil, Ensino de História e outras práticas.

    Descrição: O Projeto Infância, Juventude: abordagens interdisciplinares.- literatura Infantil, Ensino de História e outras práticas (início em 2013) tem como Objeto de estudo:investigar a literatura infantil a partir de meados do século XX como constitutiva de um novo olhar sobre a criança e a infância, buscando apreendê-la em suas formas de linguagem, problematizando sua relação crítica com a pedagogia conservadora, desenvolvida pela escola e pela família. Refletir sobre as possibilidades de propor uma nova pedagogia . Metodologia: Articular a análise do texto literário (fonte) à reflexão teórica que permita aprender a complexa relação entre literatura e sociedade, buscando problematizar as imagens de criança e infância produzidas por essa literatura. Isto supõe pensar a literatura como constitutiva da realidade e sendo por ela constituída. Resultados esperados: Dar continuidade a uma série de publicações sobre literatura infantil e sobre seus usos na escola, especificamente no ensino de História, aprofundando a relação do NEC (Grupo de Pesquisa intitulado Núcleo de Estudos Culturais: História, Memória e perspectivas de Presente) com a DRE de Campo Limpo Secretaria Municipal de Educação de São Paulo. Participação em eventos nacionais e internacionais...
    Situação: Em andamento;
    Natureza: Pesquisa.
    Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (3).
    Integrantes: Maria do Rosario da Cunha Peixoto - Coordenador / Olga Brites - Integrante / Maria José Ferreira da Costa - Integrante / Marilu santos Cardoso - Integrante / Sandra Aparecida Portuence de Carvalho - Integrante.

    2013 – atual: Imprensa: Hegemonia, memória e práticas de narrativas.

    Descrição: O projeto Imprensa: Hegemonia, memória e práticas de narrativas, orienta-se para outros periódicos de resistência, produzidos nos anos 80 e 90, classificados ou não como alternativos, quer por sua linguagem (características gráficas, e de composição, padrão de escrita e de oralidade) quer por seus protagonistas e também a chamada grande imprensa. Ao voltar-se também para a grande imprensa busca compreendê-la em suas articulações e alinhamentos aos diferentes grupos sociais, diferentes temporalidades, co ênfase na contemporaneidade...
    Situação: Em andamento;
    Natureza: Pesquisa.
    Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (2) Doutorado: (2).
    Integrantes: Maria do Rosario da Cunha Peixoto - Coordenador / Karen Pinho Moriya - Integrante / João Batista Teófilo Silva - Integrante / Carlos Henrique de Castro Assis - Integrante / Moisés Pereira da Silva - Integrante.

Olga Brites 

  • E-mail: obrites@pucsp.br
    olgabrites@uol.com.br

    Curriculo Lattes: http://lattes.cnpq.br/5428831931086637

    História do Brasil; Infância; Trabalho; Saúde; Cidade; Cidadania; Experiência; territórios urbanos; memória; poder.

    Possui graduação em História pela Universidade de São Paulo(1976), mestrado em História pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo(1992) e doutorado em História pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo(1999). Atualmente é Professor Assistente-Doutor da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo e Vice-Coordenadora de GT do Associação Nacional dos Professores Universitários de História Regional SP. Tem experiência na área de História, com ênfase em Cultura e Cidade. Atuando principalmente nos seguintes temas:Infância, Cidade, Sáude, Trabalho.

    Projetos de pesquisa em andamento

    1996 – atual: NEC (Núcleo de Estudos Culturais)

    Descrição: O NEC originou-se em 1996 do Núcleo Cultura, Trabalho e Cidade, que na perspectiva da história social e da reflexão sobre a memória, voltava-se para os estudos sobre os estudos culturais do viver urbano, a constituição e transformação dos espaços e territórios da cidade, os trabalhadores e suas experiências sociais na cidade e no campo...
    Situação: Em andamento;
    Natureza: Pesquisa.
    Integrantes: Olga Brites - Coordenador / Yara Aun Khoury - Integrante / Heloisa de Faria Cruz - Integrante / Maria do Rosário da Cunha Peixoto - Integrante.

    2007 – 2008: Bicentenário da Imprensa no Brasil: dimensões da imprensa popular em São Paulo - 1930-1990
    Situação: Em andamento;
    Natureza: Pesquisa.
    Integrantes: Olga Brites - Coordenador / Yara Maria Aun Khoury - Integrante / Maria do Rosário Peixoto - Integrante / Heloisa Faria Cruz - Integrante.

Vera Lucia Vieira 

  • E-mail: vlvieira@pucsp.br
    vevivevi.vieira@gmail.com

    Curriculo Lattes: http://lattes.cnpq.br/0435228781511894

    América Latina; Ditadura; Estado; Trabalho; autocracia; violência institucional.

    Doutor em História pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (1998). Atualmente é professor assistente doutor da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, Coordenador do Centro de Estudos de Historia America latina (CEHAL- PUC-SP). Atuação: Historia da America Latina Contemporânea. Temas: Analisa-se a violência institucional as violações aos direitos humanos, perpetradas pelo Estado capitalista de natureza autocrata que se impõe no continente latino-americano. Centra-se a análise das evidências de tal violência a partir da década de 1950, em especial no último ciclo ditatorial e nas lutas contrarrevolucionárias na América Central (anos 70 e 80). Também nos períodos subsequentes quando o Estado repressivo limita o constitucionalismo democrático, particularmente na jurisprudência, na atuação das forças policiais, nos grupos de extermínio e paramilitares compostos por agentes estatais. Sites: CEHAL-PUCSP e www.ovp-sp.br Palavras chave: América latina contemporânea, autocracia, bonapartismo, constitucionalismo, repressão, violência institucional.

    Projetos de pesquisa em andamento

    2011 – atual: A vigência prática dos direitos humanos é o indicador mais preciso do nível de democratização vigente em um país. Muitos países têm uma longa e rica história de luta pelos direitos humanos e por liberdades democráticas, e o final das ditaduras militares em fins do século XX permitiu grandes avanços neste sentido. Existe hoje, na maioria dos países, uma visão e uma legislação que reconhece não somente os direitos individuais, mas também os direitos humanos coletivos como a coluna principal de um sistema democrático. Na atual crise mundial, o Estado Social diminui enquanto cresce o Estado Penal e tudo aparece como reação do Estado à desordem, fundamentalmente urbana, advinda dos sujeitos sociais. Até porque, apesar dos confrontos frequentes e da reação cada vez mais violenta dos agentes do Estado, a constitucionalidade dos direitos humanos não reconhece a figura da perseguição política. Em síntese o projeto tem como objetivos, analisar a violência que se exerce na esfera pública denominada violência institucional - a partir das ações praticadas por agentes do Estado, lotados em órgãos públicos que compõem os sistemas de segurança, identificando as redes de segurança voltadas para a repressão política, vigentes em estados de direito, os enquadramentos, como crimes comuns, de pessoas perseguidas ou aprisionadas por razões políticas. A documentação utilizada se encontra em denuncias de tais arbitrariedades, constantes em jornais e redes de denúncias vigentes na internet, assim como nas principais instituições acadêmicas de Portugal e da Espanha, cujo acesso hoje é facilitado pela internet...
    Situação: Em andamento;
    Natureza: Pesquisa.
    Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1)
    Integrantes: Vera Lucia Vieira - Coordenador.
    Número de produções C, T & A: 8 / Número de orientações: 3

    2010 – 2015: Estados latino-americanos: formação, características, violência e resistências

    Descrição: Analisar os estados latino americanos enquanto expressão das particulares relaçõe societárias desenvolvidas a partir de suas formações no século XIX até a contemporaneidade, é o objetivo deste projeto que reune historiadores de diversos países latino americanos e do Caribe, além de professore convidados dos Estados Unidos e da Espanha. A proposta é a de se refletir sobre os problemas que vem afetando a região, assim como debater alternativas de soluções específicas ou comuns que vêm contribuindo, tanto para a integração regional, quanto para o distanciamento entre os países que compõe este bloco. Discute-se também a integração da região no cenário mundializado do capital, analisando-se os impasses e avanços nas relações internacionais...
    Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
    Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Mestrado acadêmico: (3) / Doutorado: (1).
    Integrantes: Vera Lucia Vieira - Coordenador / Carolina Crisório - Integrante / Sérgio Grez - Integrante / Jorge Enrique Elías Caro - Integrante.
    Número de orientações: 4

Yvone Dias Avelino 

  • Curriculo Lattes: http://lattes.cnpq.br/5274413688512181

    Possui Graduação em Ciências Humanas (História) pela Universidade de São Paulo (1959), Mestrado em História Social pela Universidade de São Paulo (1970), Doutorado em História Econômica pela Universidade de São Paulo (1973) e Pós-Doutorado (1989) em História pela PUC-SP. É Titular no Departamento de História da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, onde atua como Docente desde 1971. Integra as Comissões Consultivas e Editorias das seguintes Revistas: Oralidades - Revista de História Oral (USP); Práxis - Revista Eletrônica de História e Educação (Universidade Jorge Amado - Salvador); Projeto História (PUC-SP); Aurora - Revista Eletrônica de Arte, Mídia e Política (PUC-SP); Revista Instituinte (Instituto IBECS - Comunidade Ética). Tem experiência na área de História, com ênfase em História da América, atuando principalmente nos seguintes temas: Cidade, Cultura, História, Memória e Literatura. Coordena o Núcleo de Estudos de História Social da Cidade - NEHSC - da PUC-SP, existente há mais de 20 anos. É Coordenadora do Curso de Lato Sensu “História, Sociedade e Cultura”, do Departamento de História da PUC-SP na Gestão 2013-2015. É Editora da Revista Cordis - Revista Eletrônica de História Social da Cidade (http://revistas.pucsp.br/cordis).

    Projetos de pesquisa em andamento

    2008 – atual: Imigração Portuguesa em São Paulo

    Descrição: Objetivos - Trabalhar através da Memória e da História imigrantes portugueses que entre 1920 e 1960 se dedicaram em São Paulo à arte da Gastronomia, do Artesanato, do Comércio e da Saúde, ajudando com seu trabalho no crescimento dessa cidade. Metodologia Levantamento de fontes documentais escritas, orais e fotográficas em arquivos diversos na cidade de São Paulo.Duração: término previsto Março/2015, incluindo a partir desta fase alunos de Graduação e Pós-Graduação, e encaminhamento para uma agência de Fomento. Resultados Esperados: A presente pesquisa já apresentou resultados em 5 Simpósios Internacionais nos últimos anos, na forma de Comunicações. Estas Comunicações já foram publicadas nos livros resultantes desses eventos, sendo 3 publicações internacionais e 2 nacionais, além de artigos. Tal projeto é ligado ao CEPESE, Universidade do Porto - Portugal, através de um convênio com a PUC-SP. Nos anos de 2011 e 2012 tal pesquisa se centra nos estudos sobre Padarias Portuguesas em São Paulo e a Criação de Instituições de Saúde Portuguesas em São Paulo...
    Situação: Em andamento;
    Natureza: Pesquisa.
    Alunos envolvidos: Doutorado: (1).
    Integrantes: Yvone Dias Avelino - Integrante / Maria Izilda Santos de Matos - Coordenador.
    Número de produções C, T & A: 12

    2000 – atual: Projeto de Pesquisa intitulado Vila Madalena: Um Bairro Eclético

    Descrição: Descrição: Estudo de Caso: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo - Através do uso da História Oral e Fotografias...
    Situação: Em andamento;
    Natureza: Pesquisa.
    Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissionalizante: (0) / Doutorado: (4) . Integrantes: Yvone Dias Avelino - Coordenador / Luciara Silveira de Aragão e Frota - Integrante / Roberto Barreiro Filho - Integrante. Número de produções C, T & A: 22 / Número de orientações: 1

    1980 – atual: Projeto de Pesquisa intitulado Universidade, Memória e Sociedade

    Descrição: Estudo de Caso: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo - Através do uso da História Oral e Fotografias..
    Situação: Em andamento;
    Natureza: Pesquisa.
    Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissionalizante: (0) / Doutorado: (4).
    Integrantes: Yvone Dias Avelino - Coordenador / Luciara Silveira de Aragão e Frota - Integrante / Roberto Barreiro Filho - Integrante.
    Número de produções C, T & A: 22 / Número de orientações: 1

Pesquisas Concluídas 

Amilcar Torrão Filho  

Projetos de pesquisa concluídos

2012 – 2014: Narrativas De Viagem: História, Antropologia, Literatura

Descrição: Este projeto de pesquisa significa um desdobramento dos trabalhos acadêmicos que vêm sendo desenvolvidos pelos professores Amílcar Torrão e Mariza Werneck. O primeiro vem se especializando no tema da literatura de viagem desde seu doutorado, que resultou na publicação do livro Arquitetura da alteridade: a cidade luso-brasileira na literatura de viagem (1783-1845). Embora não seja o tema central de seus trabalhos, a tópica da viagem é também recorrente na dissertação de Mestrado e na tese de doutorado de Mariza Werneck, a saber: O livro das noites: memória, escritura, melancolia e erótica (PUC/SP, 1992) e Mito e experiência: operadores estéticos de Claude Lévi-Strauss (PUC/SP, 2002). O presente projeto pretende ampliar e aprofundar as pesquisas anteriores, na medida em que não se interessa apenas pelos relatos de viagem enquanto fonte historiográfica ou etnográfica, mas preocupa-se em captar-lhes o método, delinear suas transformações e os desenvolvimentos que sofreram no tempo e no espaço. Mais do que isso, adota uma perspectiva eminentemente epistemológica, na medida em que interroga os discursos que a História e a Antropologia construíram sobre o tema...
Situação: Concluído;
Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (1).
Integrantes: Amilcar Torrão Filho - Coordenador / Mariza Martins Furquim Werneck - Integrante.
Financiador(es): Pontifícia Universidade Católica de São Paulo - Outra.

2006 – 2011: Projeto Temático Saberes Eruditos e Técnicos na Configuração e Reconfiguração do Espaço Urbano Estado de São Paulo, Séculos XIX e XX

Decrição: Este projeto de pesquisa parte de uma indagação, da distância entre o pensamento urbanístico e suas realizações; distância também apreensível no contraste entre teorias e ações visando a tornar a cidade funcional e agradável aos seus habitantes no caso da cidade de São Paulo, ao mesmo tempo digna de seu status de capital econômica do país e centro da vasta região. Ele se indaga, assim, sobre os saberes técnicos elaborados sobre a cidade e o urbanismo e a conformação de uma vasta rede urbana no Estado de São Paulo e a posição centralizante de sua capital...
Situação: Concluído;
Natureza: Pesquisa;
Integrantes: Amilcar Torrão Filho - Integrante / BRESCIANI, Maria Stella Martins - Coordenador.
Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Auxílio financeiro.

Antonio Pedro Tota  

Projetos de pesquisa concluídos

2012 – 2013: ALMA AMERICANA. Religião civil e religião formal nos EUA

Descrição: Projeto de Pesquisa Interdepartamental Proponentes: Prof. Antonio Pedro Tota (Depto. História) e Prof. Jorge Claudio N. Ribeiro Jr. (Depto. Ciência da Religião) Financiado pelo Conselho de Ensino e Pesquisa (CEPE) da PUC-SP Resultou publicações individuais.
Situação: Concluído;
Natureza: Pesquisa.
Integrantes: Antonio Pedro - Coordenador / Jorge Claudio N. Ribeiro Jr - Integrante.
Número de produções C, T & A: 1

2004 – 2014: Nelson Rockefeller e as Relações entre Brasil e EUA durante a Guerra Fria

Descrição: Pesquisa para redação de livro publicado em 2014.
Situação: Concluído;
Natureza: Pesquisa.
Integrantes: Antonio Pedro - Coordenador.
Financiador(es): Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Bolsa.Número de orientações: 4

Antonio Rago Filho 

Projetos de pesquisa concluídos

2006 – 2013: A filosofia de José Arthur Giannotti: marxismo adstringido e analítica paulista

Descrição: O projeto se propõe a examinar a recepção do pensamento de Karl Marx (1818-1883) a partir do Seminário de O Capital (Marx), coordenado pelo filósofo paulista José Arthur Giannotti, e seu desdobramento num marxismo adstringido. Descartando a atividade revolucionária, esta analítica, espécie de socialismo de cátedra , buscava superar os dogmatismos do marxismo vulgar praticado pela esquerda tradicional. Focada na análise estrutural de texto, esta teoria promoveu uma dada interpretação de viés epistemologista da obra marxiana, dividida num jovem e num Marx adulto. Creditava um aporte feuerbachiano essencialista na produção do Marx juvenil. Reconhecia a importância do “Marx econômico”. A investigação centrada na metodologia inscrita em O Capital imputava empréstimos metodológicos de Hegel nesse pensador. Daí brotaram várias suposições. Todavia, em oposição ao autor dissecado, Giannotti, um dos principais filósofos do pensamento brasileiro, recusa os lineamentos ontológicos da filosofia marxiana e abraça a versão corriqueira, segundo a qual Marx, distante de seu materialismo, está contaminado de utopismos e prenhe de misticismo lógico. O estado e o mercado vieram para ficar. Ante a aceleração das forças produtivas e fragmentação do trabalho, a solução da barragem estatal. Com o banimento da revolução, a modernização excludente e subordinada ao capital superproduzido se constitui em nossa única saída. Escapam várias questões dessa analítica: o estatuto ontológico, o processo autoproducente do indivíduo, a superação do mercado e das formas de politicidade, a emancipação humana geral, a teoria das abstrações. Pontos basilares do pensamento marxiano...
Situação: Concluído;
Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (3) Doutorado: (4).
Integrantes: Antonio Rago Filho - Coordenador / Fabiana Scoleso - Integrante / Felipe Toledo Magane - Integrante / Angela Maria Sousa - Integrante / Eribelto Peres Castilho - Integrante.

Carla Reis Longhi 

Projetos de pesquisa concluídos

2013 – 2014: O contexto da redemocratização brasileira: alinhavando vozes

Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Integrantes: Carla Reis Longhi - Coordenador.

2009 – 2012: Configurações da Esfera Pública contemporânea: tessituras entre o espaço urbano e as representações midiáticas

Situação: Concluído;
Natureza: Pesquisa.
Integrantes: Carla Reis Longhi - Coordenador.

2007 – 2009: A mídia impressa e a cultura autoritária no Brasil

Situação: Concluído;
Natureza: Pesquisa.
Integrantes: Carla Reis Longhi - Coordenador.

2005 – 2007: Interfaces entre a produção midiática e a cultura autoritária no Brasil- o jornal impresso e o aparato repressivo no Brasil - 1969-1970Interfaces entre a produção midiática e a cultura autoritária no Brasil- o jornal impresso e o aparato repressivo no Brasil - 1969-1970

Situação: Concluído;
Natureza: Pesquisa.
Integrantes: Carla Reis Longhi - Coordenador.

Denise Bernuzzi de Sant’Anna 

Projetos de pesquisa concluídos

2011 – 2012: Análise da amplitude do discurso científico. Imaginário e expectativas contemporâneas

Descrição: O projeto objetiva estudar a constituição histórica dos ideais de progresso científico presentes entre educadores brasileiros e na imprensa nacional durante a segunda metade do século passado. Também pretende perceber as relações da divulgação científica, incluindo a relevância de suas descobertas e o otimismo de suas promessas, com a formação do imaginário de superação do atraso social e cultural dos brasileiros. O trabalho baseia-se na análise de documentos escritos jornais e revistas do período assim como em entrevistas realizadas com educadores. Os resultados esperados são: Orientação de mestrados e doutorados dentro da temática Organização de um colóquio, na PUC-SP, no final de 2012, para reunir pesquisas e pesquisadores sobre o tema estudado...
Situação: Em andamento;
Natureza: Pesquisa.
Integrantes: Denise Bernuzzi de Sant’Anna - Coordenador / Mariza Romero - Integrante / Leda Rodrigues - Integrante.
Financiador(es): Pontifícia Universidade Católica de São Paulo - Remuneração.

2011 – 2012: Corpo e Vida Urbana

Descrição: O projeto objetiva estudar a constituição histórica da saúde e dos cuidados com a aparência juntamente com a análise da urbanização posterior ao século XIX. Os temas envolvidos são: higiene e saneamento urbanos, condições de saúde, história das epidemias e artes de curar, moda, alimentação, cultura das aparências, medicina, esporte e lazer. A problemática central que os reúne está no interesse de analisar a história da condição corporal contemporânea, seus limites e perspectivas sociais. Os materiais trabalhados abarcam a propaganda impressa, a produção cinematográfica, assim como fontes históricas relacionadas à medicina e à vida cotidiana dos grandes centros urbanos. Este projeto representa o aprimoramento de minha experiência acumulada, de estudo e orientação de trabalhos sobre a história do corpo e a história da cidade de São Paulo, desde a década de 1980...
Situação: Concluído;
Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) Doutorado: (3).
Integrantes: Denise Bernuzzi de Sant’Anna - Coordenador.
Financiador(es): Pontifícia Universidade Católica de São Paulo - Outra.Número de orientações: 1

2007 – 2010: Alimentação e ordem urbana. São Paulo, 1900-1940

Descrição: Estudo sobre a história dos hábitos alimentares na cidade de São Paulo e suas relações com o comércio, a higiene, os preceitos de saúde e de salubridade existentes no período escolhido. Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. Alunos envolvidos: Doutorado: (2) . Integrantes: Denise Bernuzzi de Sant’Anna - Coordenador. Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.

2004 – 2007: Comida sã e mundícia urbana. Bolsa produtividade CNPQ

Descrição: Estudo sobre as relações entre as preocupações com a alimentação - fabricação, transporte, conservação e venda - e a higiene urbana durante a segunda metade do século XIX em São Paulo...
Situação: Concluído;
Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) Doutorado: (2).
Integrantes: Denise Bernuzzi de Sant’Anna - Coordenador.
Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.

Heloisa de Faria Cruz 

Projetos de pesquisa concluídos

2011 – 2012: Preservação e Reacondicionamento dos Fundos e Coleções sobre Direitos Humanos do CEDIC/PUC-SP

Descrição: O objetivo geral do projeto é a preservação e disponibilização pública geral dos Fundos e Coleções sobre Direitos Humanos no Brasil e na América Latina, pertencentes ao acervo do CEDIC/PUC-SP. Desenvolve ações de limpeza, reacondicionamento e organização da documentação visando a disponibilização do acervo, in loco e por meio digital, ao público de pesquisadores e demais interessados nas questões de direitos humanos...
Situação: Concluído;
Natureza: Pesquisa.
Integrantes: Heloisa de Faria Cruz - Coordenador / Ana Célia Navarro de Andrade - Integrante.
Financiador(es): Agência Iberoamericana-Programa ADAI - Auxílio financeiro.

2010 – 2011: Fazendo-se metalúrgico: memórias de trabalhadores da metalúrgica Thyssen-Krupp, na região de Jundiaí de 1950/2000

Descrição: Trata-se supervisão de projeto de Estágio Pós-Doutoral do pesquisador e Professor da Universidade Estadual do Oeste do Paraná ( UNIOESTE) Rinaldo José Varussa. O projeto tem como objetivo investigar processos históricos, conceituados contemporânea e genericamente de globalização, no qual trabalhadores metalúrgicos da Thyssen-Krupp se constituíram, privilegiando a ótica destes sujeitos. O estudo articula-se no interior do projeto, com financiamento aprovado pelo CNPq, Nada enraiza num lugar só - Memórias e Globalização: um estudo sobre os trabalhadores da Thyssen-Krupp Campo Limpo Paulista Santa Luzia Ibirité. 1957-2009 , coordenado pela Profa. Dra. Yara Aun Khoury e que congrega pesquisadores da PUC-SP, Universidade Federal de Uberlândia, Universidade Estadual do Oeste do Paraná e Universidade La Sapienza de Roma. Para tanto, esta investigação partirá da planta daquela empresa instalada no município de Campo Limpo Paulista, cujas atividades iniciaram-se em 1961, tomando como referência os primeiros trabalhadores contratados por aquela empresa e os trabalhadores e ex-trabalhadores que firmaram suas experiências contemporaneamente (décadas de 1990 e 2000). Partindo dos embates vividos no presente, notadamente aqueles que envolvem as mudanças na composição da categoria, nas constantes ameaças de fechamento daquela planta, que parecem, por vezes, contrapor trabalhadores e interesses sociais e da coletividade , busca problematizar a experiência histórica destas gerações de trabalhadores, principalmente através de entrevistas orais, da imprensa e de processos trabalhistas.
Situação: Concluído;
Natureza: Pesquisa.
Integrantes: Heloisa de Faria Cruz - Integrante / Rinaldo José Varussa - Coordenador.
Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.
Número de produções C, T & A: 1

1989 – 1992: IMAGENS PAULISTANAS: AS REVISTAS CULTURAIS E DE VARIEDADES E O VIVER URBANO NA CIDADE DE SÂO PAULO

Descrição: Projeto que identificou e referenciou a pequena imprensa cultural e de variedades paulistana e paulista nos principais acervos da cidade - Arquivo do Estado, Binlioteca Mário de Andrade, IEB-USP, ECA-USP, IHGSP entre outros - e produziu um Catálogo sobre estas publicações entre os anos 1890/1920...
Situação: Concluído;
Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (6) / Mestrado acadêmico: (1).
Integrantes: Heloisa de Faria Cruz - Coordenador.
Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa / Conselho de Ensino e Pesquisa da PUC-SP - Bolsa / Arquivo do Estado de São Paulo - Cooperação.
Número de produções C, T & A: 11

Luis Antonio Dias 

Projetos de pesquisa concluídos

2013 – 2014: O Golpe Impresso: Análise da participação dos jornais O Estado de S. Paulo e a Folha de S. Paulo no golpe civil-militar de 1964.

Descrição: Análise da atuação dos dois principais diários de São Paulo O Estado de S. Paulo e a Folha de S. Paulo durante o processo que levou ao golpe militar de 1964. Destaque especial para os editoriais, elementos de veiculação da opinião dos jornais e também das manchetes, pelo seu caráter impactante. Apontamentos para a compreensão da forma de atuação desses jornais, formação de uma opinião pública favorável à intervenção militar; articulações com outros elementos da sociedade civil e ligações com organismos de atuação política, como, por exemplo, o IPES (Instituto de Pesquisas e Estudos Sociais) e IBAD (Instituto Brasileiro de Ação Democrática), notoriamente vinculados aos setores golpistas da sociedade brasileira. Buscar compreender se os cidadãos foram influenciados de forma decisiva, ou não, pela imprensa e qual seu posicionamento político com relação ao governo João Goulart, para tanto, analisaremos pesquisas realizadas pelo IBOPE em março de 1964, não divulgadas na época, que mostravam um grande apoio popular ao governo...
Situação: Concluído;
Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1).
Integrantes: Luiz Antonio Dias - Coordenador.
Número de produções C, T & A: 5

2012 – 2013: UNISA: 45 ANOS DE EDUCAÇÃO E CULTURA

Descrição: Esta pesquisa pretende discorrer sobre os 45 anos da História da Universidade de Santo Amaro UNISA, inserindo-a no contexto da evolução urbana da região de Santo Amaro, Zona Sul da metrópole de São Paulo, pontuando-a como agente ativo no processo de transformação econômica e sócio-cultural dos habitantes que residem na região de Santo Amaro e arredores. Nosso objetivo geral é evidenciar o importante papel que a Unisa teve e continua tendo na formação profissional e cidadã dos habitantes de Santo Amaro, ressaltando as contribuições de nossa Universidade não só para o bairro, mas para a cidade de São Paulo e para o país como um todo. Partiremos da apresentação dos primórdios de Santo Amaro, uma época pouco documentada, mas que possui forte ligação com a economia colonial portuguesa ao entrecruzar os acontecimentos do litoral paulista com a região central de São Paulo. Destacaremos a existência de marcados grupos indígenas que habitavam a região quando da chegada dos portugueses, mostrando que nosso olhar não se inicia com a vinda dos portugueses ao Brasil. Afastando-nos de uma construção positivista da História que privilegiou por décadas uma historia europeizante, pretendemos mostrar que a Unisa se preocupa com a construção de uma história brasileira, que respeita e considera a diversidade cultural do povo brasileiro, mais especificamente do povo santamarense. O respeito à diversidade será construído com base no resgate da memória indígena, negra, imigrantes europeus e de migrantes nordestinos que para este bairro vieram que ajudaram a compor este imenso caldeirão cultural em que se tornou nosso bairro...
Situação: Concluído;
Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1).
Integrantes: Luiz Antonio Dias - Coordenador / PORTO, Vagner C. - Integrante.

2011 – 2013: Memória e Sociedade: Uma análise das transformações da região de Santo Amaro - SP

Descrição: Nosso intuito é localizar a região de Santo Amaro em um processo histórico de urbanização que incorpora e supera os momentos precedentes. Santo Amaro foi rural, suburbana, industrial e, atualmente, vive a contradição da presença de uma extensa periferia repleta de bairros pobres e favelas ao lado da valorização de uma área que aparece como prolongamento da centralidade econômico-financeira da metrópole (Largo 13 de Maio como continuação do eixo Paulista-Faria Lima-Berrini). Compreender Santo Amaro é condição para compreender a história contemporânea de São Paulo e a produção da relação centro-periferia nesta metrópole. Diante dessa intensa transformação - do bonde ao metrô - o projeto busca resgatar memórias, práticas e entender a relação do antigo com o novo...
Situação: Concluído;
Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (12) / Especialização: (1).
Integrantes: Luiz Antonio Dias - Coordenador / PORTO, Vagner C. - Integrante / Rafael Lopes de Sousa - Integrante / Julio Cesar Ferreira Santos - Integrante / Vera L. Rocha - Integrante.
Financiador(es): Unisa - Remuneração.
Número de produções C, T & A: 2 / Número de orientações: 1

2004 – 2005: Informação e Formação: apontamentos sobre a atuação da grande imprensa paulistana no Golpe de 1964. O Estado de S. Paulo e a Folha de S. Paulo.

Descrição: Análise da atuação dos dois principais diários de São Paulo O Estado de S. Paulo e a Folha de S. Paulo no período imediatamente anterior e imediatamente posterior ao golpe militar de 1964, que derrubou o presidente João Goulart. Destaque especial para os editoriais, elementos de veiculação da opinião dos jornais e também das manchetes, pelo seu caráter impactante. Apontamentos para a compreensão da forma de atuação desses jornais, formação de uma opinião pública favorável à intervenção militar; articulações com outros elementos da sociedade civil e ligações com organismos de atuação política, como, por exemplo, o IPES (Instituto de Pesquisas e Estudos Sociais) e IBAD (Instituto Brasileiro de Ação Democrática), notoriamente vinculados aos setores golpistas da sociedade brasileira...
Situação: Concluído;
Natureza: Pesquisa.
Integrantes: Luiz Antonio Dias - Coordenador.
Financiador(es): Unisa - Auxílio financeiro.

2010 – 2012: URBANIZAÇÃO E METROPOLIZAÇÃO EM SÃO PAULO:EVOLUÇÃO URBANA DA REGIÃO DE SANTO AMARO

Descrição: Esta pesquisa pretende analisar a evolução urbana da região de Santo Amaro, Zona Sul da metrópole de São Paulo, a fim de compreender de que maneira os núcleos de povoamento antigo do entorno da capital paulista foram abarcados pela urbanização, nos voltando especialmente para a incorporação de Santo Amaro e seus arredores à dinâmica metropolitana. Nosso objetivo geral é localizar a região de Santo Amaro em um processo histórico de urbanização que incorpora e supera os momentos precedentes e explica o movimento geral da metropolização paulistana. Neste sentido, Santo Amaro aparece como particularidade através da qual enxergamos a história de São Paulo. Tal particularidade contém, então, os conteúdos da totalidade, a metrópole. Santo Amaro foi rural, suburbana, industrial e, atualmente, vive a contradição da presença de uma extensa periferia repleta de bairros pobres e favelas ao lado da valorização de uma área que aparece como prolongamento/fronteira da centralidade econômico-financeira da metrópole (Largo 13 de Maio como continuação do eixo Paulista-Faria Lima-Berrini). Na perspectiva adotada nesta investigação, compreender Santo Amaro é condição para compreender a história contemporânea de São Paulo e a produção da relação centro-periferia nesta metrópole...
Situação: Concluído;
Natureza: Desenvolvimento.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Especialização: (1)
Integrantes: Luiz Antonio Dias - Coordenador / PORTO, Vagner C. - Integrante / SANTOS, Julio Cesar - Integrante / ROCHA, Vera Lúcia - Integrante.
Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

Maria Antonieta Martines Antonacci 

Projetos de pesquisa concluídos

2011 – 2012: Renovação do Convênio CAPES/Universidade do Texas - Projeto: Identidades diaspóricas em trânsito no Atlântico Sul: áreas culturais negras entre África, Brasil, Caribe; Culturas da Voz em Circuitos: África, Brasil, Caribe - Bolsa PD do CNPq
Situação: Concluído;
Natureza: Pesquisa.
Integrantes: Maria Antonieta Martines Antonacci - Coordenador.

2008 – 2011: Identidades diaspóricas em trânsito no Atlântico Sul: áreas culturais negras entre África, Brasil, Caribe; Culturas da Voz em Circuitos: Africa, Brasil, Caribe - Bolsa PD do CNPq
Situação: Concluído;
Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (3) / Doutorado: (2).
Integrantes: Maria Antonieta Martines Antonacci - Coordenador / Edson Barbosa - Integrante / Rafaela Capelossa - Integrante / Mônica Savieto - Integrante / Victor Martins Souza - Integrante / Cleber Santana - Integrante / Luis Claudio Bandeira - Integrante.
Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

2008 – 2009: Convênio CAPES/Universidade do Texas - Projeto

Descrição: Convênio CAPES/Universidade do Texas - Projeto “Identidades Diaspóricas em Trânsito no Atlântico Sul: Áreas Culturais Negras Entre África, Brasil, Caribe”. Coordenação: Profa. Dra. Jossianna Arroyo Martinez (UT, Austin) Profa. Dra. Maria Antonieta Antonacci.
Situação: Concluído;
Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Doutorado: (1).
Integrantes: Maria Antonieta Martines Antonacci - Coordenador / Nirlene Nepomuceno - Integrante / Jossianna Arroyo Martinez - Integrante.
Financiador(es): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Cooperação.

2005 – 2012: Culturas da voz em circuitos África - Brasil - África - Bolsa PD do CNPq

Descrição: Trabalho com tradições orais, analisando diferentes formas de expressão e comunicação em culturas orais: música, literatura oral, contos, lendas, crenças, simbologias, cinema, recursos audio-visuais. Sob este ângulo de estudos procuramos compreender rotas e circuitos nas duas margens do Atlântico Sul...
Situação: Concluído;
Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (2) / Mestrado profissionalizante: (0) / Doutorado: (4).
Integrantes: Maria Antonieta Martines Antonacci - Coordenador / Marcelo Bernardo da Cunha - Integrante / Vilma Nascimento - Integrante / Elias Alfama Muniz - Integrante / Viviane Lima de Moraes - Integrante / José Francisco de Souza - Integrante / Fátima Leister - Integrante.
Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.

2001 – 2011: Culturas e linguagens africanas e afro-brasileiras

Descrição: Trabalho com tradições orais, analisando diferentes formas de expressão e comunicação em culturas orais: música, literatura oral, contos, lendas, crenças, simbologias. Sob este ângulo de estudos procuramos compreender rotas e circuitos nas duas margens do Atlântico Sul...
Situação: Concluído;
Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissionalizante: (0) / Doutorado: (5).
Integrantes: Maria Antonieta Martines Antonacci - Coordenador / Marcelo Bernardo da Cunha - Integrante / Vilma Nascimento - Integrante / Ione Celeste Souza - Integrante / Elias Alfama Muniz - Integrante.
Número de produções C, T & A: 12

2001 – 2008: No corpo-a-corpo letra, voz, imagem: literatura de folhetos do Nordeste (1893/1940)

Descrição: Nesta pesquisa trabalha-se historicamente injunções de tradições orais/escritas e iconográficas que ocorrem no Nordeste do Brasil, a partir da literatura de folhetos, produzida e colocada em circulação, desde o final do Século XIX. Os folhetos desta literatura oral em versos, ao atribuirem forma imprensa à composição oral, possibilitam investigações sobre a constituição histórica da cultura oral, escrita e imagética de diferentes brasileiros. Na perspectiva de apreender a historicidade da produção e da circulação desta literatura cantada e escrita, estamos analisando expressões de religiosidade popular enquanto suportes da memória e da oralidade. Também investigamos nesta literatura de cordel, expressões de tradições orais africanas que chegam ao Brasil e se expressam de diferentes maneiras nos folhetos. A pesquisa pretende, atualmente, rastrear alguns aspectos das poética e da sabedoria presentes na oralidade africana no Brasil, em particular, no Nordeste, durante os anos de 1860 e 1940..
Situação: Concluído;
Natureza: Pesquisa.
Integrantes: Maria Antonieta Martines Antonacci - Coordenador.

1999 – 2010: No corpo-a-corpo letra/voz/imagem: literatura de folhetos no Nordeste (1893/1940). Projeto financiado com Bolsa Produtividade pelo CNPq no biênio 99/01. Projeto Renovado para o biênio 2001-2004, com uma bolsa IC

Descrição: Analisa-se literatura de folhetos de cordel no Nordeste brasileiro na perspetiva de apreender encontros/confrontos com memórias orais, visuais e escritas...
Situação: Concluído;
Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (4) / Mestrado profissionalizante: (0) / Doutorado: (0).< br /> Integrantes: Maria Antonieta Martines Antonacci - Coordenador / Antonio Zilmar da Silva - Integrante / Agenor Sharaf - Integrante / José Josberto de Sousa - Integrante / Viviane Lima de Moraes - Integrante / Marcelo Rodrigues - Integrante.
Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.
Número de produções C, T & A: 4 / Número de orientações: 9

1995 – 1999: Espanhóis em São Paulo: recuperando uma imigração silenciada - Bolsa PD e AP, CNPq

Descrição: Levantar material referente a imigração de espanhóis para São Paulo nos anos de 1920, trabalhando com periódicos espanhóis, documentação da Sociedade Hispano Brasileira fundada em 1898 e na Sociedade Beneficente Rosalia de Castro nos anos 1970. Recorrendo a metodologia da história oral ainda trabalhamos com depoimentos que chegaram em São Paulo nos anos 1920 participando da expansão dos modos de viver urbano-fabris na metropóle paulistana em expansão...
Situação: Concluído;
Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (1) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissionalizante: (0) / Doutorado: (1).
Integrantes: Maria Antonieta Martines Antonacci - Coordenador / Laura Antunes Maciel - Integrante / Florência Vaz do Céu - Integrante.
Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.
Número de produções C, T & A: 4 / Número de orientações: 2

1993 – 1998: Cultura, Trabalho e Natureza: modos de vida em confronto em seringais do Acre

Descrição: Análise dos universo de questões colocadas por serigueiros do Acre, desde dos anos 1960, na defesa de seus modos de trabalho e de vida frente as questões de desmatamento e de destruição de suas estradas de seringa pelas políticas dos governos militares para a Amazônia. Discute-se relações sociedade e natureza, trabalho, cultura e natureza, potencializando a compreensão de organizações populares na defesa das matas do norte do Brasil, em direção a modos de preservação do meio ambiente. Participação de um aluno Pós-Doutorado...
Situação: Concluído;
Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (4) / Mestrado profissionalizante: (0) / Doutorado: (1).
Integrantes: Maria Antonieta Martines Antonacci - Coordenador / HIDERALDO LIMA DA COSTA - Integrante / GERSON RODRIGUES DE ALBUQUERQUE - Integrante / AIRTON ROCHA - Integrante / MARCOS FLÁVIO MONTYSUMA - Integrante / Benedita Esteves - Integrante.
Número de produções C, T & A: 8 / Número de orientações: 5

1992 – 1993: Escola Nova e Cinema Educativo: uma educação moral e estética (recuperação de fragmentos de filmes do cinema educativo em São Paulo, 1930) - Financiamento AT CNPq

Descrição: Trabalhando com fragmentos de filmes produzidos em São Paulo no contexto do movimento da Escola Nova, nos anos 1930, a apreender a historicidade do cinema educativo no Brasil, assim como seu sentido moral e estético...
Situação: Concluído;
Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (2) / Mestrado profissionalizante: (0) / Doutorado: (0)
Integrantes: Maria Antonieta Martines Antonacci - Coordenador / ÂNGELA APARECIDA TELES - Integrante / Ney Moraes Filho - Integrante.
Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.
Número de produções C, T & A: 5 / Número de orientações: 2

1988 – 1992: Cultura, Trabalho e Educação: dimensões sociais de tensões culturais em São Paulo nos anos 1920-40 - Bolsa IC, AP, e PD, CNPq

Descrição: Análise do movimento da Escola Nova a partir do horizonte da fábrica, trabalhando com legislação, audivisuais, cinema, quadros de educação intuitiva...
Situação: Concluído;
Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (9) / Mestrado profissionalizante: (0) / Doutorado: (0).
Integrantes: Maria Antonieta Martines Antonacci - Coordenador / Maria Cândida Delgado Reis - Integrante / ANA PAULA BERBERIAN - Integrante / NEWTON D’ÂNGELO - Integrante / GENI ROSA DUARTE - Integrante / ÂNGELA APARECIDA TELES - Integrante / Ione Celeste Souza - Integrante / Ney Moraes Filho - Integrante / CECÍLIA HANNA MATTE - Integrante / ANELISE MULLER DE CARVALHO - Integrante / Marcelo Flório - Integrante / Antonio Mazzeli - Integrante.
Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.
Número de produções C, T & A: 7 / Número de orientações: 8

Maria do Rosario da Cunha Peixoto 

Projetos de pesquisa concluídos

2012 – 2013 Literatura Infantil de resistência desde meados dos anos 70 do séculoXX.

Descrição: Trata-se de innvestigar a literatura infantil, produzida a partir de meados dos anos 70 do século XX, como constitutiva de um novo olhar sobre a criança e a infância, buscando aprendê-la em suas formas de linguagem, problematizando sua relação crítica com a “pedagogia” conservadora, desenvolvida pela escola e pela família...
Situação: Concluído;
Natureza: Pesquisa.
Integrantes: Maria do Rosario da Cunha Peixoto - Coordenador / Maria José Ferreira da Costa - Integrante.

Maria Izilda Santos de Matos 

Projetos de pesquisa concluídos

2003 – 2010: Terceiro Setor e Gênero.

Descrição: Essa pesquisa procura discutir questões de gênero na interface com as tensões sociais e a emergência das ONGs e do terceiro setor, em particular para o direcionamento de projetos e gestão. As presentes reflexões procuram discutir questões fundamentais para a pesquisa, pretende-se focar as questões/tensões das ONGs e do Terceiro Setor no Brasil, bem como as questões de gênero, a delimitação do seu campo, passando para gênero e desenvolvimento, comunidade e solidariedade e ações transformadoras como empowerment e advocacy...
Situação: Concluído;
Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2).
Integrantes: Maria Izilda Santos de Matos - Coordenador.
Financiador(es): CEPAL - Cooperação / Universidade Presbiteriana Mackenzie - Cooperação.

doniran Barbosa e a cidade de São Paulo

 

2000 – 2013: Adoniran Barbosa e a cidade de São Paulo

Descrição: Através da produção musical de Adoniran Barbosa tem-se por desafio recuperar algumas questões em torno da temática história e identidade privilegiando as experiências urbanas por ele cantadas na cidade de São Paulo dos anos 40, 50 e 60. Sob o foco de uma reflexão sobre história-música-identidade, pretende-se discutir as composições de Adoniran Barbosa como rastros de memória afetiva da cidade de outros tempos, emergindo uma experiência urbana intensa e emocional, expressa na oralidade das canções...
Situação: Concluído;
Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (6) / Mestrado acadêmico: (2) / Doutorado: (2).
Integrantes: Maria Izilda Santos de Matos - Coordenador.
Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa / Pontifícia Universidade Católica de São Paulo - Cooperação.

1998 – 2013: Experiências Boemias em Copacabana

Descrição: Pretende focalizar as vivências noturnas de Copacabana, recuperar um cotidiano pleno de transformações na cidade e nas múltiplas relações aí estabelecidas, procurando desvendar as representações desse universo através da trajetória e das canções de Dolores Duran. Esta pesquisa também rastreia a produção de um cronista em particular: Antonio Maria, através de suas crônicas e composições, acompanhar a experiência e o olhar de um viajante presente e distante, recuperando as experiências boemias em Copacabana...
Situação: Concluído;
Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (2).
Integrantes: Maria Izilda Santos de Matos - Coordenador.

1997 – 2005: Meu lar é o botequim: alcoolismo e masculinidade

Descrição: Focalizar as questãos da masculinidade através da pesquisa sobre a documentação médica, periodoa 1890-1950...< br /> Situação: Em andamento;
Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (4) / Doutorado: (1).
Integrantes: Maria Izilda Santos de Matos - Coordenador.

1996 – 2005: Melodia e Sintonia em Lupicínio Rodrigues

Descrição: A vasta produção musical de Lupicínio Rodrigues, compositor de grande sucesso e aceitação popular, durante as décadas de 30, 40 e 50, retratou a vida da boêmia, um espaço-tempo identificado com a “desordem”, com o não-trabalho e até, com o indevido, o proibido. Este trabalho pretende, através da análise da produção musical de Lupicínio Rodrigues, retratista do imaginário boêmio, cujas composições revelam as representações e relações que condicionariam esse universo, recuperar os perfis de gênero e de suas relações...
Situação: Em andamento;
Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2).
Integrantes: Maria Izilda Santos de Matos - Coordenador.

1992 – 1994: Cotidiano e cultura em SÃO PAULO

Descrição: Cotidiano e Cultura História, Cidade e Trabalho focaliza o cotidiano urbano nas experiências vividas por sujeitos sociais e suas diversas relações de trabalho. Apresenta ainda uma perspectiva histórica inovadora, com destaque para as tensões e questões que envolvem a cidade de São Paulo no período de 1890 a 1940. As múltiplas dimensões da cidade, dentro de um processo de urbanização, possibilitaram a inclusão e a análise do âmbito privado, assim como fenômenos freqüentemente determinantes, mas nem sempre corretamente abordados em estudos congêneres. Fruto de uma intensa pesquisa documental, com fontes diversificadas história oral, fotografia, cronistas, memorialistas e documentação oficial -, Cotidiano e Cultura História, Cidade e Trabalho permitiu a reconstrução minuciosa de elementos contidos na cidade, no trabalho e no cotidiano...
Situação: Concluído;
Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (2).
Integrantes: Maria Izilda Santos de Matos - Coordenador.
Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

1987 – 1991: Trama e poder um estudo sobre as industrias de sacaria para o café

Descrição: A investigação discute o processo de industrialização brasileiro, focalizando particularmente os vínculos entre a industrialização e a cafeicultura. A análise se encontra centrada nas indústrias de sacaria para o café, especialmente as paulista. com detaque para a Cia Nacional de Tecidos de Juta de Jorge Street. A analise privilegia as relações de trabalho, particularmente o trabalho feminino.
Situação: Concluído;
Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (2).
Integrantes: Maria Izilda Santos de Matos - Coordenador.
Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.

Olga Brites 

2000 – 2002: Arquivo da Polícia em São Paulo: a capacitação na produção em instrumentos de pesquisa

Descrição: Sistematização do Acervo da Polícia de São Paulo (1870-1915).
Situação: Concluído;
Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissionalizante: (0) / Doutorado: (0).
Integrantes: Olga Brites - Integrante / Heloisa de Faria Cruz - Coordenador. Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Auxílio financeiro. Número de produções C, T & A: 1

Vera Lucia Vieira 

Projetos de pesquisa concluídos

2006 – 2011: Violência institucional e autocracia de Estado: continuidades e rupturas na dinâmica brasileira na segunda metade do século XX.

Descrição: A partir da análise da atuação da polícia e dos órgãos de repressão no Brasil em períodos não ditatoriais ao longo da segunda metade do século XX, objetiva-se refletir sobre a natureza do Estado no Brasil. Aborda-se a violência institucional como manifestação de um Estado autocrático cuja relação com a sociedade que integra é inerentemente violenta, e isto se comprova a partir de documentação disponível em acervos denominados genericamente de Acervos do DOPS...
Situação: Concluído;
Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (5) / Mestrado acadêmico: (6) / Doutorado: (4).
Integrantes: Vera Lucia Vieira - Coordenador.
Número de produções C, T & A: 19 / Número de orientações: 7

Yvone Dias Avelino 

Projetos de pesquisa concluídos

2010 – 2010: Histórias dos Bairros de São Paulo

Descrição: Solicitação de Agência de Publicidade para Participação em Concurso Público Municipal, onde integrantes do Núcleo de Estudos de História Social da Cidade - NEHSC - da PUC-SP pesquisam a História de diversos bairros da cidade de São Paulo...
Situação: Concluído;
Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Doutorado: (2).
Integrantes: Yvone Dias Avelino - Coordenador / Márcia Barros Valdívia - Integrante / Carlos Danilo Oliveira Lopes - Integrante / Simone Abreu - Integrante / Tânia Maria Moreno - Integrante / Natanaél Dal Moro - Integrante / Ricardo Correia Marcondes - Integrante.

2006 – 2014: Projeto de Pesquisa Intitulado O Canto das Cantinas

Descrição: O presente projeto pesquisa a Imigração e a gastronomia italianas, através de seus personagens, sua cultura e seus hábitos, tendo como objeto as cantinas mais tradicionais da cidade de São Paulo. Desta pesquisa resultarão livros, exposições e um site, com conteúdo a serem definidos com as interpretações das fontes escritas, fotográficas e orais. Instituições Parceiras (Parcerias em processo de assinaturas):Arquivo do Estado de São Paulo; Consulado Italiano; Memorial do Imigrante; Departamento do Patrimônio Histórico...
Situação: Concluído;
Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (3) / Mestrado profissionalizante: (0) / Doutorado: (3).
Integrantes: Yvone Dias Avelino - Coordenador / Carlos Danilo Oliveira Lopes - Integrante / Tânia Maria Moreno - Integrante / Natanaél Dal Moro - Integrante / Marcia Barros Valdívia - Integrante / Jurema Paes - Integrante / Ricardo Correia Marcondes - Integrante.
Número de produções C, T & A: 1

Publicações 

Publicações

 

Amailton Magno Azevedo 

 

Capítulos de Livros

AZEVEDO, A. M.. Mulheres Negras do Samba Paulista. In: Maria Izilda Santos de Matos e Pedro Vilarinho Castelo Branco (orgs.). (Org.). Cultura, corpo e educação ? diálogos de gênero. 1ed.São Paulo/Terezina: Entremeios/EDUFPI, 2015, v. 1, p. 1-233.

AZEVEDO, A. M.; LUCINDO, W. R. S. . Colonização Europeia, Escravidão e Tráfico. In: Paulino de Jesus Francisco Cardoso e Karla Leandro Rascke. (Org.). Formação de professores: produção e difusão de conteúdos sobre a história e cultura afro-brasileira e africana. 1ed.Florianópolis: dioesc, 2014, v. 1, p. 140-153.

AZEVEDO, A. M.. As Manifestações afro-brasileiras: Artes, Literatura e Religiosidade. In: Paulino de Jesus Francisco Cardoso e Karla Leandro Rascke. (Org.). Formação de professores: produção e difusão de conteúdos sobre a história e cultura afro-brasileira e africana. 1ed.Florianópolis: dioesc, 2014, v. 1, p. 215-224.

 

Livros publicados organizados ou edições

AZEVEDO, A. M.; Antonacci, Maria Antonieta M. (Org.) . Em Lutas Culturais com Stuart Hall. 1. ed. São Paulo: , 2016. v. 56.

AZEVEDO, A. M.; Antonacci, Maria Antonieta M. (Org.) . Diásporas. 44. ed. São Paulo: Educ, 2012. v. 44. 1-416p .

 

Livros Publicados

AZEVEDO, A. M.. Sambas, Quintais e Arranha-Céus: as micro-áfricas em São Paulo. 1. ed. São Paulo: Olho d`Água, 2016. v. 1. 134p .

 

Artigos em Periódicos

AZEVEDO, A. M.. O Canto dos Escravos: heranças centro-africanas na música contemporânea do Brasil. Opsis, v. 16, p. 238-251, 2016.

AZEVEDO, A. M.. Qual África Ensinar no Brasil: tendências e perspectivas. Projeto História (Online), v. 56, p. 233-255, 2016.

AZEVEDO, A. M.; SILVA, S. A. G. . Discursos e Narrativas sobre o passado: o bairro paulistano de Guaianazes em representações no tempo presente. CADERNOS DO TEMPO PRESENTE, v. 18, p. 85-97, 2015.

AZEVEDO, A. M.; SILVA, S. S. J. . Um Raio X do Movimento Hip Hop em São Paulo. Revista da Associação Brasileira de Pesquisadores(as) Negros(as) - ABPN, v. 7, p. 212-239, 2015.

AZEVEDO, A. M.. São Paulo Negra: Geraldo Filme e a cartografia do samba paulista. Revista da Associação Brasileira de Pesquisadores(as) Negros(as) - ABPN, v. 6, p. 313-328, 2014.

AZEVEDO, A. M.. Política, Música e Literatura no circuito África/Brasil/Caribe. Revista Brasileira do Caribe (Impresso), v. 15, p. 197-212, 2014.

AZEVEDO, A. M.; SILVA, S. A. G. . 'Era uma vez...': o Negro no reino encantado. Sankofa (São Paulo), v. 14, p. 8-22, 2014.

AZEVEDO, A. M.. Imagens da África: entre a violência discursiva e a produção da memória. Boletim Tempo Presente (UFRJ), v. 3, p. 1, 2013.

AZEVEDO, A. M.. África/Brasil: redes sônicas no Atlântico Negro. Espaço Plural (Marechal Cândido Rondon. Online), v. 14, p. 63-93, 2013.


 

Amilcar Torrão Filho 

 

Capítulos de Livros

'Does every traveller see all that he describes?' O viajante cego James Holman e os limites do olhar viajante. Rev. de História, 175: 319-348, 2016.

Imago Mundi: as instruções de viagem como educação do olhar e revelação do mundo, séculos XVIII e XIX. História (São Paulo). 34(2): 286-309, 2015.

Os nomes de Tamara. Retratos da cidade luso-brasileira na literatura de viagem de inícios do século XIX. Cadernos CDHIS, 27(2):129-148, 2015.

Memoria y utopía en la bahía de Guanabara: de Jean de Léry a Lévi-Strauss. In: CURIEL RIVERA DEPETRIS, Carolina (orgs.). Geografías Literarias de América. Mérida, UNAM, 2015, pp. 49-88.


 

Carla Reis Longhi 

 

Capítulos de Livros

LONGHI, C. R. A cultura brasileira pela análise de Nelson Werneck Sodré IN Silva, Carlos Eduardo da; Melo, José Marques de; Gobbi, Maria Cristina; Morais, Osvando J. de (orgs). Ciências da Comunicação no Brasil- 50 anos- Histórias para contar: séc. XX Pragmatismo Utópico, São Paulo: Fapesp/ Intercom, 2015.

LONGHI, C. R. Desahucios: Análisis de la construcción mediática IN Fidel Lopez Criado (org). El Canon y su Circunstancia - Literatura. Cine y Prensa, Santiago de Compostela: Andavira Editora, 2014.

LONGHI, C. R. O texto jornalístico numa perspectiva metodológica IN Ramirez, Angélica M.; Martinez, Clara J. (orgs). Líneas emergentes en la investigación de vanguardia, Madrid: Mac Graw Hill, 2014

LONGHI, C. R. . Representações midiáticas das práticas sociais. In: Carla Reis Longhi e Barbara Heller. (Org.). Comunicação em Tempos de Midiatização. 1ed.São Paulo: Editora Intercom, 2013, v. , p. 52-69.

LONGHI, C. R. . Sujetos excluidos y representaciones mediáticas. In: Javier Rodrígues Torres. (Org.). Códigos Comunicativos Y docencia. 1ed.Madrid: Editora Vision Libros, 2013, v. 3, p. 393-413.

 

Livros publicados organizados ou edições

LONGHI, C. R. (Org.) ; Heller, Barbara (Org.) . Comunicação em Tempos de Midiatização. 1. ed. São Paulo: Editora Intercom, 2013.

 

Artigos em Periódicos

LONGHI, C. R. Territorios culturales: un análisis comparativo de las caraceristicas de la información en la contemporaneidade. Estudios sobre el Mensaje Periodístico, vol. 22, 2016

LONGHI, C. R. Movimento dos Atingidos por Barragens: sujeitos e Formações Discursivas na abordagem sobre a Usina Hidrelétrica Estreito no site do MAB. Eptic (UFS), vol 18, 2016

LONGHI, C. R. Informação Jornalística: da mediação à midiatização. Intercom (São Paulo. Online), vol. 38, 2015.

LONGHI, C. R. Cultura e Costumes: um campo em disputa. Revista Antíteses (Londrina), vol. 8, 2015

LONGHI, C. R. A nossa luta é política: um percurso dos movimentos comunitários brasileiros nos anos 1970-1980. Revista Projeto História, vol. 51, 2014

LONGHI, C. R. . Democratic Barricades: The Presence of Radio in the Resistance to the 1964 Military Coup ,. Journalism and Mass Communication, v. 1, p. 1-15, 2014.

LONGHI, C. R. . Vigilância e Visibilidade- estratégias de controle da ditadura civil-militar. Cadernos de História, v. 1, p. 1-15, 2014.

LONGHI, C. R. . DA INFORMAÇÃO JORNALÍSTICA À INFORMAÇÃO INSTITUCIONAL: A CONSTITUIÇÃO DE SENTIDOS. Estudos em Jornalismo e Mídia, v. 1, p. 1-15, 2014.

LONGHI, C. R. . Estrategias discursivas midiáticas: tradición en la contemporaneidad. Revista Historia y Comunicación Social, v. 1, p. 1-15, 2013.


 

Heloisa De Faria Cruz 

 

Capítulos de Livros

São Paulo em Papel e Tinta: periodismo e vida urbana 1890/1915.Ebook 2. ed. São Paulo: Arquivo Público do Estado de São Paulo, 2013. v. 01. 135p .

“Do Sigilo a Memória? Comissão da Verdade e as Fontes da Ditadura” . In: Henrique Pereira; Marcai Vasquez. (Org.). Fontes Histórias. 1ed.Natal: EDUUFRN, 2015, v. 1, p. 177-200.

“Album Graphico de Matto Grosso: La Propaganda del Brasil Central”. In Adriana Pineda Soto (org) Recorridos de la prensa moderna a la prensa atual. Morélia, México, Ed. Universidad Autônoma de Querétano, 2015.p. 113-134. Em co-autoria com Ana Paula Lopes Câmara.

 

Livros publicados organizados ou edições

Organização do Dossiê Memória, Arquivos e Direitos. Uberlândia. Revista História & Perspectiva 54, Uberlândia, Editora da UFU, 2016. Em co-autoria com Marta Emísia Jacinto

Organização do Dossiê Memória. Ditaduras e Direitos. Revista Projeto História 50, São Paulo, EDUC, 2014.

 

Artigos em Periódicos

Direito a Memória e Patrimônio Documental. Historia & Perspectivas (UFU), v. 29, p. 23-59, 2016.

Preservação e Patrimonialização do acervo do Comitê de Direitos Humanos CLAMOR -11978/1991. Revista Memória em Rede, v. 5, p. 1-14, 2015.

Comunicação Popular e Trabalhadores: Redes de Comunicação e Impressos dos Movimentos Sindicais e Populares de São Paulo - 1970/1990. PROJETO HISTÓRIA, v. 1, p. 19-42, 2013.

O debate em torno do Movimento pela Anistia nas Igrejas Evangélicas: posicionamentos e tensões no caso das Igrejas Luterana e Metodista. Religare (UFPB), v. 11, p. 1-161-190, 2014. Em co-autoria com Adriano Henriques Machado


 

Luiz Antonio Dias 

 

Capítulos de Livros

 

 

DIAS, L. A.. Os negros na História e na historiografia brasileira: implicações na educação. In: TERUYA, Teresa Kazuko; WALKER, Maristela Rosso Walker. (Org.). Culturas e fronteiras no espaço escolar. 1ed.Maringa: EDUEM, 2016, v. 1, p. 65-86.

DIAS, L. A.; PORTO, V. C. . A Universidade de Santo Amaro: da campanha dos tijolinhos ao satélite. In: Dias, L. A.; Sousa, R. L.. (Org.). Santo Amaro: A evolução Urbana do Bairro sob Diversos Olhares. 1ed.São Paulo: LiteraRua, 2016, v. 1, p. 39-73.

DIAS, L. A.. Entre letras e números: uma análise do jornal Folha de S. Paulo e de pesquisas de opinião do Ibope (1963-1964). In: FERNANDES, Carla M.; CHAGAS, Genira. (Org.). Mídia e governos autoritários: 60 anos do suicídio de Getúlio Vargas e 50 anos do golpe civil-militar no Brasil. 1ed.João Pessoa: Editora Idea, 2014, v. 1, p. 97-125.

 

Livros publicados organizados ou edições

DIAS, L. A.; SOUSA, R. L. (Org.) . Santo Amaro: A evolução urbano do bairro sob diversos olhares. 1. ed. São Paulo: LiteraRua, 2016. v. 1. 216p .

 

Artigos em Periódicos

DIAS, L. A.; SILVA, D. M. P. . Intolerância racial: aspectos históricos, sociológicos e psicanalíticos. Revista Querubim, v. 1, p. 97-102, 2016.

DIAS, L. A.; SOUSA, R. L. . ESPERANÇAS E FRUSTRAÇÕES: BREVE ANÁLISE DAS ELEIÇÕES PRESIDENCIAIS DE 1989. Lumen et Virtus, v. VII, p. 118-133, 2016.

DIAS, L. A.; FARINA, M. C. S. . PRETO NO BRANCO: A DEMOCRACIA CORINTIANA NAS PÁGINAS DO JORNAL FOLHA DE SÃO PAULO. Recorde: Revista de História do Esporte, v. v. 9, n2, p. 1-21, 2016.

SOUSA, R. L. ; DIAS, L. A. . MODOS DE SER DA JUVENTUDE OCIDENTAL. Lumen et Virtus, v. VI, p. 86-115, 2015.

DIAS, L. A. Imprensa e Opinião Pública: análise dos jornais OESP e Folha S. Paulo no golpe civil militar de 1964. PUCviva Revista, v. 1, p. 66-73, 2014.

DIAS, L. A.; GOMES, A. C. . Olhares Portugueses sobre o Brasil. Estudos Ibero-Americanos (PUCRS. Impresso), v. 40, p. 385-404, 2014.

DIAS, L. A.; SOUZA, R. L. . Entre a memória e o esquecimento 1964-2014: o golpe ontem e hoje. Projeto História (PUCSP), v. 50, p. 171-201, 2014.


 

Maria Antonieta Martines Antonacci 

Capítulos de Livros Publicados

 

SINOPSE

Para mantener la lógica de su sistema social y económico, la Modernidad alimenta una zona oscura, una sombra que hace posible la imposición de modelos, de instituciones y conceptos; es decir, reproduce la colonialidad. Desde diferentes puntos de análisis, los autores aquí reunidos exigen la recuperación de la pluralidad; hacen del margen –es decir, de todo aquello que fue marginado, relegado– un observatorio para cuestionar el autoproclamado «centro». En esta dirección, el conocimiento por el que se pronuncia el presente libro efectúa un deslinde con respecto del actual estado de las cosas; no sólo de ciertos planteamientos, sino de aquello que comprende lo social. Conviven en él visiones que dan vuelta a los mapas, que invierten la geografía del conocimiento para enfrentar los problemas desde el Sur y reposicionar, de manera urgente, la Independencia de Haití –la primera en América–, la négritude o el feminismo decolonial, entre otros, para suscitar una lectura distinta de la genealogía y del pensamiento latinoamericano.

 

ANTONACCI, M. A. M.. História e Pedagogia em 'lógica oral': Hall e o 'Espetáculo do Outro'. Projeto História, v. 56, p. 281-313, 2016.

ANTONACCI, M. A. M.. Decolonialidad de cuerpos y saberes: ensayo sobre la diáspora de lo eurocentrado. In: José Guadalupe Gandarilla (coordinador). (Org.). La crítica en el margen. Hacia una cartografía conceptual para rediscutir la Modernidad. 1ed.Cidade do México: Akal, 2016, v. 1, p. 471-520.

ANTONACCI, M. A. M.. Descolonizando histórias de África, culturas africanas e da diáspora. In: TÂNIA M. P.MÜLLER; WILMA DE NAZARÉ B. COELHO; PAULO A. B. FERREIRA (ORGs.). (Org.). Relações étnico-raciais, formação de professores e currículo.. 1ed.São Paulo: Editora Livraria da Fisica, 2015, v. 1, p. 17-46.

ANTONACCI, M. A. M.. ARTES DA MEMÓRIA POPULAR. In: JORDÃO, Gisele; Allucci, Renata. (Org.). Panorama Setorial da Cultura Brasileira. 1ed.São Paulo: Associados Comunicações; Empresa Vale, 2014, v. 1, p. 180-187

ANTONACCI, M. A. M.. Corpo e tradições orais na decolonialidade de histórias da diáspora. In: ALBUQUERQUE, Gerson Rodrigues de; ANTONACCI, Maria Antonieta. (Org.). DESDE AS AMAZÔNIAS: Colóquios - Vol. I. 1ed.Rio Branco: Nepan Editora, 2014, v. 1, p. 29-43.

ANTONACCI, M. A. M. . “Boca Cheirosa à ouvido doce e limpo”. In: Silva,Marcos. (Org.). Câmara Cascudo e os saberes-Rio de Janeiro-Fundação Miguel Cervantes. 1ed.Rio de Janeiro: Fundação Miguel Cervantes, 2013, v. 01, p. 43-79.

ANTONACCI, M. A. M. . “Expressões corporais e religião”. In: Paulinas: Paulus. (Org.). Compêndio de Ciência da Religião. 1ed.São Paulo: Paulinas: Paulus, 2013, v. 01, p. 525-538.

 

Livros Publicados

ANTONACCI, M. A. M. . Memórias ancoradas em corpos negros,. 2. ed. revisada e ampliada São Paulo: EDUC, 2014. v. 1. 382p

ANTONACCI, M. A. M. . Memórias ancoradas em corpos negros,. 1. ed. São Paulo: EDUC, 2013. v. 1. 288p

Maria Izilda Santos De Matos 

 

Capítulos de Livros

Ações antissalazaristas e protagonismos em São Paulo. In: Revolução dos cravos e trânsitos coloniais. São Paulo: Kafka editora, 2016, p. 139-168.

Fronteiras Móveis - Temperadas com lágrimas e saudades: Histórias, Culturas e Tradições Mulheres imigrantes (1900-1950). In: Fronteiras móveis: territorialidades e migrações. BH: Fino Traço, 2016, p. 31-50.

Imprensa e luta pela educação feminina: propostas e debates. In: Mulher: leitora, autora, formadora. Santos: Editora Universitária Leopoldianum, 2016, p. 39-60.

Santos, cidade-porto: febril, saneada e imaginada. In: Cidades: representações, experiências e memórias. SP: Olho D´água, 2016, p. 164-185.

São Paulo: memória, traços e canções. In: Tecituras das cidades: história, memória e educação. SP: Paco Editorial, 2016, p. 93-116.

Uma casa portuguesa com certeza: Memória e tradição dos imigrantes portugueses nos fazeres e saberes da alimentação, SP/Brasil (1900-1950). In: Cadernos AHILA. Berlin: Ahila, 2016, p. 745-757.

Union Ties: Letters, Correspondence and Exchanged Messages Among Spanish E-/Immigrants (SP/Br). In: From the Records of my Deepest Memory Personal Sources and the Study of European Migration, 18th-20th centuries.

Bilbao: Editora da Universidad del Pais Vasco, 2016, p. 187-208.

Cultura, sonoridades e musicalidades na metrópole dos italianos: A São Paulo de Adoniran Barbosa. In: História e cultura urbana: a cidade como arena de conflitos. RJ: Multifoco, 2015, p. 30-50.

Entre Avenidas e Malocas: São Paulo de Prestes Maia e Adoniran Barbosa. In: História cultural da cidade. PoA: Marcavisual/ PROPUR, 2015, p. 38-64.

Gênero, cultura e família na Paulicéia Desvairada: uma perspectiva histórica. In: Gênero, cultura e família: perspectiva multidisciplinares. PoA: EDIPUCRS, 2015, p. 64-91.

Gênero e Trabalho. In: Dicionário Critico de Gênero. Dourados/MS: EDUFGD, 2015, p. 639-643.

Mulheres, mães e operárias: propostas e lutas pela educação feminina. In: Cultura, corpo e educação: diálogos de gênero. SP: Intermeios/EDUFPI, 2015, p. 91-118.

Paisagens sonoras: Cidade-história-música, desafios para o historiador. In: Fontes históricas. Natal: EDUFRN, 2015, p. 151-176.

Alimentando o coração: memória e tradição das mulheres imigrantes portuguesas SP1900 1950. In: Portugal e as migrações da Europa do Sul para a América do Sul. Porto: CEPESE, 2014, p. 105-123.

Cadenas de tinta y eslabones de papel: correspondencias intercambiadas entre portugueses (Sâo Paulo/Brasil-Portugal, 1890-1950. In: Migraciones internacionales, actores sociales y Estados. Perspectivas del análisis histórico. Madrid: Iberoamericana, 2014, v.300, p. 201-231.

Cultura, tradição e invenção: Temperados com lágrimas de saudades. In: Escritas da história: ver, sentir e narrar. SP: Hucitec, 2014, p. 260-279.

Elos de tinta e papel: a presença feminina na correspondência entre e/imigrantes portugueses. In: A Vez e a Voz da Mulher: Relações e Migrações. Lisboa: Edições Colibri, 2014, p. 97-111.

Entre suspeitos, perseguidos e expulsos: SP 1934-40. In: Presos políticos e estrangeiros na Era Vargas. RJ: Mauad FapeRJ, 2014, p. 49-69.

Luces y sombras: mujeres inmigrantes italianas. SP1890 -1940. In: Donne migranti tra passato e presente.Roma : Viella libreria editrice, 2014, p. 49-66.

Lutas políticas e culturais: a vida de Maria Prestes Maia. In: A voz dos Avós.2 ed.Coimbra: Pró Dognitate, 2014, p. 225-245.

"O Estrangeiro” um romance-manifesto: matrizes, representações, apropriações e propostas na obra de Plínio Salgado. In: Intelectuais na América Latina: pensamento, contextos e instituições. Dos processos de independência à globalização. RJ: UERJ LABIMI, 2014, p. 627-650.

Cartas e correspondências de imigrantes portugueses: preparativos da viagem. In: A história da imigração e sua(s) escrita(s).São Leopoldo: Oikos, 2013, p. 624-642.

Escritas e mobilidades: possibilidades de pesquisa e perspectivas didáticas. In: Escritas Privadas da mobilidade e da guerra, 2013, p. 39-59 (versão eletrônica).

Escritas e mobilidades Possibilidades de pesquisa e perspectivas didáticas (Portugal e Brasil). In: Escritas privadas, da mobilidade e da guerra. Monção: TWODESIGN, 2013, p. 39-59

Escritos e deslocamentos: cartas, correspondências e mensagens trocadas entre portugueses. In: De colonos a imigrantes i-emigração portuguesa para o Brasil. SP: Alameda, 2013, p. 49-67.

Laços de sangue: cartas, correspondências e mensagens trocadas entre imigrantes espanhóis, SP/Br. In: Migraciones Iberoamericanas: Las migraciones España- Brasil (fines del siglo XIX-actualidad). Huelva/RJ: Editora Universidade de Huelva/UERJ, 2013, p. 77-102.

Luzes e sombras: mulheres imigrantes italianas SP– 1890 -1930. In: Italianos no Brasil: partidas, chegadas e heranças. RJ: LABIMI/UERJ, 2013, p. 248-260.

São Paulo dos Italianos: Cultura, sonoridades e musicalidade - Adoniran Barbosa. In: Italianos no Brasil: partidas, chegadas e heranças. RJ: UERJ/LABIMI, 2013, p. 149-60.

São Paulo: insólita metrópole de múltiplas sonoridades e narrativas. In: História & Música popular. 2013, p. 128-145.

 

Livros publicados organizados ou edições

Cidades: representações, experiências memórias. SP: Olho D´água, 2016.

Cultura, corpo e educação: diálogos de gênero. SP, Intermeios/EDUFPI, 2015.

Portugal e as migrações da Europa do Sul para a América do Sul. Porto: CEPESE, 2014.

De colonos a imigrantes i-emigração portuguesa para o Brasil. SP: Alameda, 2013.

Italianos no Brasil: partidas, chegadas e heranças. RJ: UERJ/LABIMI, 2013.

Migraciones Iberoamericanas: España Brasil (fines del siglo XIX - actualidad). Huelva/RJ: Edit. Universidade de Huelva/UERJ, 2013.

 

Publicações

Gênero, terceiro setor e desenvolvimento: Quebradeiras - uma luta pela preservação do meio ambiente e cultura dos babaçuais. SP: Verona edições, 2015.

Portugueses: ações e lutas políticas: Rio de Janeiro: São Paulo. SP: Verona editores, 2015.

Cotidiano e cultura: história, cidade e trabalho. Bauru: EDUSC, 2014. 2. Ed.

Portugueses: deslocamentos, experiências e cotidiano SP séculos XIX e XX. Bauru: EDUSC, 2013.

 

Artigos em Periódicos

Vozes femininas na luta antissalazarista: envolvimento de portuguesas e brasileiras (SP1950-1970). História (São Paulo. Online), v.36, 2017.

Santos- Porto cidade: modernização, saneamento e viagem. Revista Tempos Históricos, v.20, p.81 - 104, 2016.

Em defesa da preservação das tradições dos interiores: Cornélio Pires e a cultura caipira (SP1920-1950). Diálogos (Maringá), v.19, p.565-618, 2015.

Entre causos e canções: Cornélio Pires e a cultura caipira (SP, 1920-1950). História Critica, v.57, p.34 - 54, 2015.

Por um “Portugal democrático”: resistências antissalazaristas em São Paulo (1958-1977). Projeto História (Online), v.50, p.43 - 63, 2015.

Portugueses com ideias e ações políticas: estrangeiros perigosos. Navegar Revista de Estudos de E/Imigração, p.173 - 191, 2015.

Presença na ausência: cartas na imigração e cartas de chamada. História Unisinos, v.19, p.338 - 347, 2015.

Saudades: sensibilidades no epistolário de e/imigrantes portugueses (Portugal-Brasil 1890-1930). Revista Brasileira de História (Online), v.70, p.1 - 21, 2015.

Travessias e Cartas: viagem e mala do imigrante. Fenix: revista de história e estudos culturais, v.12, p.1 - 23, 2015.

Itália- Brasil diálogos, vincúlos e influências. Quaderni de ASEI (Archivio Storico dell´emigrazione italiana, v.09-10, p.177 - 187, 2014.

Luces y sombras: mujeres inmigrantes italianas. SP1890 -1940. Genesis: La rivista della Società italiana delle Storiche (SIS), v.XIII, p.49 -68, 2014.

Maria Prestes Maia, “A Primeira Operária” de São Paulo: trajetória, política e cultura Cordis: Revista Eletrônica de História Social da Cidade, v.12, p.107 - 138, 2014.

Maria Prestes Maia: trajetória, luta política e feminista. História Revista (UFG. Impresso), v.3, p.27 - 47, 2014.

Maria Prestes Maia: trajetória, luta política e feminista. História Revista (Online), v.3, p.27 - 47, 2014.

O estrangeiro na obra de Plínio Salgado: matrizes, representações, apropriações e propostas. Patrimônio e Memória (UNESP), v.10, p.157 - 182, 2014.

Gênero e Subjetividade. Projeto História (Online), v.45, p.7 - 15, 2013.

História das Mulheres e das Relações de Gênero: Campo Historiográfico, Trajetórias e Perspectivas. Revista Mandrágora, v.19, p.5 - 15, 2013.

História das mulheres e das relações de gênero no Brasil: desafios de um novo campo historiográfico. Arenal: revista de historia de las mujeres, v.20, p.41 - 64, 2013.

Na espera da mala postal: Cartas, correspondências e mensagens trocadas entre portugueses (SP– Portugal 1890-1950). Convergência Lusíada, v.29, 2013.

Temperados com lágrimas e saudades: Sabores, Memórias e Tradições between Imigrantes portugueses. SP/Br. Rivista ANUAC, v.2, p.141 - 151, 2013.

Viagens pelo Rio das Amazonas. Estudos Ibero-Americanos (PUCRS. Impresso), v.38, p.189 - 198, 2013.

20 años de Historia de las Mujeres. Perspectivas internacionales. Arenal: revista de historia de las mujeres, v.20, p.41 - 67, 2013.

Yvone Dias Avelino 

Capítulos de Livros publicidados

 

SINOPSE

 

Os dramas históricos de um continente dilacerado por abismos sociais e econômicos profundos foi o palco da utopia e da ruptura histórica surpreendente e engenhosa. Muito já se disse sobre as distâncias que separariam Nuestra America de si mesma, seu autodesconhecimento. Esse foi o sentido dos textos que compõem esse livro: permitir transitar desde o México do cinema e pintura saídos da revolução de 1910 e das proximidades das rebeliões de Canudos e Tomóchic para as complexas transições da ditadura brasileira de 1964, bem como dos caminhos do movimento operário argentino. Cultura e política se cruzam no espaço latino-americano para absorver a múltipla, densa e borbulhante História do continente. Uma obra com a ousadia de ajudar a tecer com fortes fios esses ricos e densos laços que nos são comuns.

 

SINOPSE

A presente coletânea de artigos enfoca a cidade de forma multidimensional, indicando as novas sensibilidades constituídas pelos olhares sobre a urbe e as linguagens indicativas de identidades em construção, além de uma plêiade de possibilidades teórico-metodológicas para realização de pesquisas na área de História, em interlocução com a Antropologia, Filosofia, Literatura, Geografia, Arquitetura, Artes visuais e outras áreas do conhecimento. Permite ainda uma análise sobre as atuais abordagens dos estudos sobre o urbano, as relações sociais, as tensões políticas, as disputas de poder, as práticas cotidianas, as representações e o protagonismo dos cidadãos que a constituem e são constituídas na/pela cidade, no processo dinâmico de interação e participação mútua.

 

 

AVELINO, Yvone Dias. São Paulo: Universidade e Modernidade (1934-1946). In: Yvone Dias Avelino; Marcelo Florio; Arlete Assumpção Monteiro. (Org.). Tecituras da Cidade: História, Memória e Educação. 1ed.São Paulo: Editora Paco, 2016, v. 1, p. 1-8.

AVELINO, Yvone Dias. Conflitos políticos na América Hispânica: História e literatura. In: Mauro Lara Martins; Ival de Assis Cripa. (Org.). História Político-Cultural Ibero-Americana nos Séculos XIX, XX e XXI. 0ed.Jundiai: Ed. Jundai: Paco editorial, 2016, v. 1, p. 8-18.

AVELINO, Yvone Dias; FROTA, Luciara Silveira de Aragão e (Org.) ; GOMES, Edgar da Silva (Org.) ; LOPES, Carlos Danilo Oliveira (Org.) . No Laboratório das Palavras: História da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo: coletânea de documentos (1979-1985). 0. ed. Fortaleza - CE: SOCER Editora, 2015. 530p .

AVELINO, Yvone Dias. Conflitos políticos na América Hispânica: História e Literatura. In: Maro Lara Martins; Ival de Assis Cripa. (Org.). História político-cultural ibero-americana nos séculos XIX, XX e XXI. 0ed.São Paulo: Paco Editorial, 2016, v. 0, p. 11-32.

AVELINO, Yvone Dias. Cidade do Café: Memórias, Urbanização e Industrialização na Metrópole Paulistana. In: Denilson Botelho. (Org.). História e Cultura Urbana: A Cidade Como Arena de Conflitos. 1ed.Rio de Janeiro: EDUFPI/Multifoco, 2015, v. 1, p. 11-29.

AVELINO, Yvone Dias. Tramas da vida na América Latina: Mulheres, cotidiano, dores e superações. In: Maria Izilda Santos de Matos; Pedro Vilarinho Castelo Branco. (Org.). Cultura, corpo e educação: Diálogos de gênero. 0ed.São Paulo: Intermeios/Teresina: EDUFPI, 2015, v. 1, p. 213-230.

AVELINO, Yvone Dias. Memória, Identidade e Linguagens: Avosidade nas Relações Sociais e Familiares. In: Natália Ramos; Manuela Marujo; Aida Baptista. (Org.). A Voz dos Avós. Migração, Memória e Património Cultural - 2ª Edição. 2ªed.Coimbra: Gráfica de Coimbra 2 - Publicações LDA/CEMRI/Universidade Aberta/Pro Dignitate, 2014, v. 1, p. 179-191.

AVELINO, Yvone Dias. Bolívar na América Latina: História e Literatura no Labirinto do General. In: Lená Medeiro de Meneses; Hugo Cancino Troncoso; Rogelio de la Mora. (Org.). Intelectuais na América Latina: Pensamento, Contexto e Instituições. Dos Processos de Independência à Globalização. 1ed.Rio de Janeiro: UERJ/LABIMI, 2014, v. 1, p. 210-217.

AVELINO, Yvone Dias. Real e benemérita sociedade de beneficência: A construção da saúde e as práticas associativas de imigrantes portugueses em São Paulo (1859-1930). In: Fernando de Sousa; Ismênia Martins; Lená Medeiros de Menezes; Izilda Matos; Jobson Arruda; Nazaré Sarges; Vera Ferlini. (Org.). Portugal e as migrações da Europa do sul para a América do sul. 0ed.Porto: CEPESE, 2014, v. , p. 185-194.

AVELINO, Yvone Dias. Imigração Portuguesa e Saúde: A Fundação da Beneficência Portuguesa em São Paulo. In: José Jobson de Andrade Arruda; Vera Lucia Amaral Ferlini; Maria Izilda Santos de Matos; Fernando de Sousa. (Org.). De Colonos a Imigrantes. I(E)migração Portuguesa para o Brasil. 1ed.São Paulo: Alameda Casa Editorial, 2013, v. 1, p. 578-588.

Artigos completos publicados em periódicos: AVELINO, Yvone Dias. Imigração, cultura e representação: intelectuais portugueses em São Paulo e o jornal Portugal Livre. População e Sociedade, v. 25, p. 80-86, 2016.

AVELINO, Yvone Dias. O ofício do historiador através das correspondências: Uma relação afetiva entre Mário de Andrade e Tarsila do Amaral. Fenix: revista de historia e estudos culturais, v. 12, p. 1-19, 2015.

AVELINO, Yvone Dias. La Madre dos Descamisados. Eva Perón: Vida e Trajetória Política. Cordis: Revista Eletrônica de História Social da Cidade, v. 2, p. 49-65, 2014.

AVELINO, Yvone Dias. A Construção de Uma Realidade: Cidade, História e Literatura. Cordis: Revista Eletrônica de História Social da Cidade, v. 1, p. 7-32, 2013.

AVELINO, Yvone Dias; FLÓRIO, Marcelo . HISTÓRIA CULTURAL: O CINEMA COMO REPRESENTAÇÃO DA VIDA COTIDIANA E SUAS INTERPRETAÇÕES. Projeto História (Online), v. 48, p. 1-18, 2013.


 
Avaliação da Capes 
Triênio 2010-2011-2012 Conceito 4 (Mestrado e Doutorado)
Coordenação e vice-coordenação 
  • Coordenadora 
    Profa. Dra. Carla Reis Longhi

  • Vice-coordenador 
    Prof. Dr. Luiz Antonio Dias

Inscrição 

Em breve.

Revistas 

Projeto História

Links: 

http://revistas.pucsp.br/index.php/revph/index

http://www.pucsp.br/projetohistoria/

O Programa edita a revista Projeto História (semestral, com Qualificação Qualis/CAPES: QUALIS A-2), que constitui um importante veículo de mobilização, renovação e publicização da discussão sobre linhas temáticas e questões teórico-metodológicas que alimentam nossas reflexão e pesquisas.  Lançada em agosto de 1980, surgiu com o objetivo de divulgar trabalhos de professores e alunos do Programa de Estudos Pós-Graduados em História e do Departamento de História da PUC-SP. Em 1984, acompanhando a reestruturação do Programa que se reordena em torno de linhas de pesquisa que aglutinam seu corpo docente, os objetivos da revista se ampliam em dois sentidos básicos: passa a privilegiar o debate sobre temas indicativos do avanço da reflexão e da produção historiográfica e incorpora a contribuição de intelectuais de outras áreas (nacionais ou estrangeiros) e de pesquisadores externos à PUC.

A Projeto História é temática na integralidade de cada volume, ou seja, todos os artigos publicados em cada número estão afetos ao tema que dá título ao dossiê. O critério de seleção dos temas de cada dossiê acompanha as discussões mais candentes que perpassam a historiografia em cada momento, conforme se pode observar recuperando os títulos dos volumes. Assim, por exemplo, na década de 1980 e 1990, momento em que a historiografia centrava discussões nas perspectivas ou da chamada Nova História ou da Historiografia Social Inglesa, a revista lançou dossiês que trouxeram contribuições de autores nacionais e internacionais sobre Historiografia, Novas linguagens na História, Cultura e Trabalho, História Oral, Memória e História, Cidade e Campo; sobre a incorporação das imagens no campo do historiador, os problemas vinculados à interdisciplinaridade, temas como corpo, ritos e celebrações.  A partir do número 30, já em 2005, com os aspectos mais significativos das abordagens (novas e velhas) consolidados, a revista traz temas que possibilitam aos historiadores expressar como vêem os principais problemas pelos quais passa o mundo contemporâneo. Nessa perspectiva seus dossiês tratam sobre Poder, Américas, Direitos, Guerras, Tecnologia, Cotidiano, Imprensa, Religiões, Lutas sociais, Violência. É uma revista que resulta dos esforços dos docentes do Departamento de História, no qual trabalham integradamente a Pós-graduação e a Graduação, além do auxílio financeiro obtido na maioria de suas edições das principais agências de financiamento do país. (CNPQ/FAPESP/CAPES).

Seu conselho editorial conta com especialistas reconhecidos de diferentes instituições nacionais de vários estados do Brasil, além dos internacionais. São especialistas que se configuram como doutores livre-docentes, coordenadores de programas e de núcleos de pesquisas no âmbito nacional e no internacional, com publicações relevantes na área.

 

Revista Cordis – Revista eletrônica de História Social da Cidade.

Links:

http://www.pucsp.br/revistacordis/

A revista Cordis: Revista Eletrônica de História Social da Cidade foi criada em 2008. A publicação está diretamente ligada aos integrantes do Núcleo de Estudos de História Social da Cidade (NEHSC), coordenado pela Profª Drª Yvone Dias Avelino. A publicação, que é exclusivamente online e totalmente gratuita, tem abrangência interinstitucional, pois o Prof. Marcelo Flório, da Universidade Anhembi Morumbi é, junto com a Profª Yvone, editor científico do periódico, agora em fase de migração para a Plataforma SEER e estará, em breve, em indexadores internacionais.

A publicação do periódico é semestral e pauta-se por temática, sempre dividida por sessões, a saber: artigos, traduções, entrevistas, pesquisas de graduação e resenhas. No ano de 2011, publicou-se um número com a temática História, Arte e Cidades e outro sobre História, Corpo e Saúde, perfazendo um total de 30 trabalhos. O periódico recebeu, nestes respectivos números, textos de várias regiões do Brasil, sendo que mais de 70% dos autores são externos à PUC-SP. De acordo com a primeira avaliação feita pela CAPES do periódico, divulgada em fevereiro de 2012, a revista Cordis foi pontuada no WebQualis como B3.

Egressos 

O programa tem como expectativa, que os seus egressos sejam capazes de desenvolver atividades de pesquisa avançada com finalidade didática e científica, contribuindo decisivamente para a produção, ampliação, aprofundamento e difusão de conhecimentos Históricos. A Formação de pesquisadores que, respeitando as especificidades epistemológicas da área e sua metodologia de trabalho, sejam aptos a percorrer com autonomia os caminhos da produção do conhecimento histórico qualificado: escolha e problematização de um tema, articulação entre teoria e fontes, produção de narrativa histórica que torne compreensíveis os resultados alcançados. Isto supõe o estabelecimento de uma relação crítica com o conhecimento Histórico já produzido (historiografia) e o diálogo, igualmente autônomo, com outras áreas do conhecimento; a interdisciplinaridade como um pressuposto de todo conhecimento implica na formação de um pesquisador indagativo, capaz de propor novas perguntas a velhos temas e fontes documentais e, assim, contribuir para a produção de um conhecimento histórico, cujo desenvolvimento esteja ancorado na proposição cada vez maior e mais consistente de PROBLEMAS, e não apenas de TEMAS. Conhecimento este, cujo perfil amplamente interdisciplinar torna-o capaz de referir-se, por exemplo, tanto à história do Brasil quanto à História Geral. Por isso, é necessário apoiar estudos e trabalhos que nem sempre se enquadram nas divisões clássicas de períodos históricos. Uma dimensão importante da atividade do historiador é, sem dúvida, a docência e, nessa ação, é mister que exerça sua capacidade de articular ensino e pesquisa, teoria e prática em sua vida profissional seja como formador de novos professores/pesquisadores nos cursos de bacharelado e licenciatura, seja nos Programas de Pós-Graduação ou, ainda, atuando no ensino fundamental e médio, onde seus alunos têm a sua iniciação no campo da História.

A história do Programa indica o significativo sucesso nas suas expectativas em relação ao egresso. Atualmente, 2017, vários de nossos ex-alunos ocupam lugares de destaque e são participantes ativos em grupos e redes de pesquisa regionais e nacionais. Muitos ocuparam e/ou ocupam cargos acadêmico-administrativos como, por exemplo – Reitor da Fundação Santo André, vice-reitor da Universidade de Santiago em Cabo Verde, Pró-Reitorias na Universidade Federal do Acre, da UNEB, UFPA e da Universidade Vale do Sapucaí (MG), coordenadores de Programa da PUC-RS, da UFU, da UNIOESTE, de chefia de departamentos, líderes de Grupos de Pesquisa, coordenação de curso de graduação e outros. Identificam-se quadros formados pelo Programa em grande número de universidades do país, aproximadamente 80 instituições do sistema universitário federal, estadual e municipal, bem como instituições comunitárias e privadas.  Em 2015, este levantamento, ainda provisório, arrolou as seguintes IES: UFAM; UFC; UFF; UFFS; UFG; UFMT; UFPA; UFPI; UNIFESP; UFRJ; UFRRJ; UFSCAR; UFSM; UFU; UNESP; UFBA; UNIFAP; UMICAMP; PUC/RS; PUC/SP, UNEB; UEFS; UERJ; UESB; UESC ; UNIVERSITY WEST INDIES (BARBADOS); UNIVERSIDADE FEDERAL DO TRIÂNGULO MINEIRO; SENAC-SP; UCSAL; UDESC; UEA; UEC, UNESA;; UNI’SANT’ANNA;  ESCOLA TECNICA FEDERAL DO AMAZONAS; IFBA; ; MACKENZIE; UNICASTELO; UNICID; UNICSUL; UNIFAI; UNIFAP; UNIFIEO; UNIGRANRIO; UNIMES; UNIMONTES; UNINOVE; UNIPAC; UNISAL; UNIVÁS; UNIVERSIDADE ANHEMBI MORUMBI; UNIVERSIDADE CATÓLICA DE SANTOS; UNIVERSIDADE DE SANTO AMARO; DAS FACULDADES ASSOCIADAS DE COTIA; UNIVERSIDADE DO ESTADO DO AMAZONAS; UNIVERSIDADE ESTADUAL DO OESTE DO PARANÁ; UNIVERSIDADE ESTADUAL DE LONDRINA;  UNIVERSIDADE SÃO JUDAS TADEU; USF; USJ; UVA; CENTRO UNIVERSITÁRIO DA FUNDAÇÃO SANTO ANDRÉ; EDUCACIONAL GUAXUPÉ – UNIFEG; CENTRO UNIVERSITÁRIO DAS FACULDADES METROPOLITANAS UNIDAS; CUFSA; EFBA; ESCOLA PANAMERICANA DE ARTE – EPA; ESCOLA SUPERIOR MADRE CELESTE (ESMAC); ; FAAT; FACESB; FACULDADE DE ITAPECIRICA DA SERRA – FIT; FACULDADE DO MÉDIO PARNAIBA; FACULDADE FLAMINGO; FACULDADE INTEGRADA DA VITÓRIA DE SANTO ANTÃO – FAINTVISA; FACULDADES FARIAS BRITO; FACULDADES INTA; FACULDADES INTEGRADAS ASMEC, UNISEPE; FACULDADES INTEGRADAS CORAÇÃO DE JESUS; FACULDADE IBIRAPUERA; UCSAL; CENTRO UNIVERSITÁRIO ANHANGUERA, UNIVERSIDADE DE ITU, UNIV. FEDERAL DE UBERABA, UFALAGOA, UNIV. OSASCO, UNIVERSIDADE CATÓLICA DO PARANÁ, UNIV. ESTÁCIO DE SÁ, UNIVALE, IFAM, UNIV. FEDERAL DE RORAIMA, UNIV FED. PR. PONTA GROSSA, UNIBAN, UNIP. Indique-se também a presença de egressos do Programa em importantes instituições públicas e privadas ligadas a área de arquivos e museus, fundações e institutos de pesquisa e entidades similares. Outra questão relevante é a inserção do egresso na rede pública (estadual e municipal) e privada de ensino fundamental e médio, assumindo cargos de professor, coordenação, supervisão e diretoria em diversas redes de ensino do país.

Dissertações e teses defendidas 

Clique aqui para visualizar todas as Dissertações e Teses Defendidas.

Intercâmbios 

  •  

    Intercâmbios Institucionais - Intercâmbios e convênios internacionais

     

    O Programa já realizou trabalhos em convênio com instituições como: CEPESE-Universidade do Porto, Universidade da Calábria, Arquivo Central do Estado da Itália, Universidade San Martin de Porres de Lima, Universidade Nacional de Chile em Santiago, Universidade de Buenos Aires,  Universitá de la Sapiensa, dentre outras.

  •  

    Intercâmbios e convênios nacionais.

    O Programa manteve/mantém convênio com Universidades como: Universidade Federal do Pará, UFRN, UFF, e outras. 

Convênios 
Eventos 

 

XVI Semana de História
Opressão: Resistências e Revoluções

18-22 de setembro

Inscrições para apresentações – clique aqui
Inscrições para monitores – clique aqui


Facebook - clique aqui


CONVITE LIVRE DOCÊNCIA DEFESA PÚBLICA 

A Direção da Faculdade de Ciências Sociais os convida a assistirem ao concurso de Livre-Docência a que se submetera a Profa. Dra. Maria Izilda Santos de Matos - Departamento de História, sobre o tema “POR UMA POSSÍVEL HISTÓRIA DO SORRISO: institucionalização, ações e representações”.


Data: 20 de outubro (quinta-feira):
14h00 – Prova Didática
15h00 – Arguição do Memorial: Prova de Títulos

Local: Auditório 4.B10


Data: 21 de outubro (sexta-feira):
14h00 - Defesa Pública da Tese
Local: Auditório 4.B10

Banca Examinadora
Prof.ª Dr.ª Yvone Dias Avelino
Prof.ª Dr.ª Denise Bernuzzi de Sant’Anna
Prof. Dr. Fernando Torres Londoño
Prof.ª Dr.ª Lená Medeiro de Menezes
Prof. Dr. Oswaldo Truzzi


Clique aqui para acessar o convite

Expediente 

Assistentes de Coordenação: William Fernando
E-mail: histpos@pucsp.br
Tel: (11) 3670-8511
Endereço: Rua Ministro Godoy, 969, 4º. andar - Sala 4E-08
CEP  05015-901 Perdizes, São Paulo/SP

Conecte-se à PUC-SP